Enjoei altera cronograma de IPO; estreia na B3 será dia 9 de novembro

Enjoei altera cronograma de IPO; estreia na B3 será dia 9 de novembro
Enjoei (Foto: Divulgação)

A Enjoei comunicou ao mercado que alterou o cronograma de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A empresa de comércio eletrônico mudou a data de fixação de preço para 5 de novembro, antes estava previsto para o dia 27 deste mês. Apesar da mudança a faixa indicativa de preço permanece entre R$ 10,25 e R$ 13,75.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

De acordo com o comunicado da Enjoei, o início das negociações na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) no segmento de Novo Mercado também mudou. Anteriormente, a estreia iria acontecer em 29 de outubro, agora será no dia 9 de novembro.

“Seguem inalterados os demais termos e condições da oferta”, concluiu a empresa em seu comunicado ao mercado.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

IPO pode levantar R$ 1,1 bilhão

No início deste mês a Enjoei divulgou a faixa indicativa de preços de seus papéis para seu IPO. Os preços variam entre R$ 10,25 e R$ 13,75. Ao considerar a mediana da faixa indicativa, de R$ 12 por ação, e 96.265.123 papéis da oferta base, a Enjoei pode levantar R$ 1,155 bilhão em seu processo de abertura de capital.

Além disso, a varejista online destaca a possibilidade de negociação de um lote suplementar de até 14.439.768 ações e um lote adicional de 19.253.025 papéis. Com isso, ainda de acordo com a mediana da faixa indicativa, a oferta poderia levantar R$ 1,559 bilhão. A oferta base será primária e secundária.

Enjoei protocola pedido de IPO na CVM

O site de venda de roupas, móveis e eletrodomésticos usados Enjoei.com apresentou no início de setembro um pedido de IPO na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

A abertura de capital será coordenada pelos bancos BTG Pactual (BPAC11), Bradesco BBI, J.P. Morgan, XP Investimentos e UBS. Além disso, os principais acionistas vendedores são os fundos:

  • Monashees
  • Bressemer
  • Aram

A empresa foi fundada pelo casal Tiê Lima e Ana Luiza McLaren em 2009. A Enjoei recebeu em 2013 um aporte do fundo brasileiro de venture capital Monashees e em 2014 do americano Bessemer Venture Partners. A varejista online não informou no prospecto preliminar do IPO o que pretende fazer com os recursos da emissão de ações novas. Entretanto, sinalizou a intenção de expandir a oferta de produtos.

Simultaneamente ao IPO na B3, serão também realizados esforços de colocação das ações da Enjoei na Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), exclusivamente para investidores institucionais qualificados (qualified institutional buyers), residentes e domiciliados nos Estados Unidos, conforme definidos na Regra 144A, editada pela U.S. Securities and Exchange Commission dos Estados Unidos (SEC).

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião