Embraer (EMBR3) abre processo de arbitragem contra Boeing

Embraer (EMBR3) abre processo de arbitragem contra Boeing
Embraer (EMBR3) abre processo de arbitragem contra Boeing

A Embraer (EMBR3) anunciou nesta segunda-feira (27) que iniciou o processo de arbitragem com Boieng (NYSE: BA), após a fabricante estadunidense rescindir o acordo de joint-venture no último sábado (25).

A companhia norte-americana cancelou a compra do controle da divisão de aviação da Embraer. O acordo entre as duas fabricantes de aeronaves foi anunciado em 2018 e estava avaliado em US$ 4,2 bilhões (cerca de R$ 23,5 bilhões).

Garanta acesso gratuito à eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas com um único cadastro. Clique para saber mais!

O presidente-executivo da Embraer, Francisco Gomes Neto, não deu maiores detalhes sobre o processo, durante a teleconferência realizada nesta segunda-feira. O diretor também não informou se a companhia poderá abrir uma ação na Justiça brasileira ou estadunidense.

Confira: Boeing desiste de acordo bilionário com a Embraer

Os executivos da Embraer procuraram assegurar aos investidores a solidez da fabricante. Nesse sentido, os diretores comunicaram que a companhia encontrou US$ 1 bilhões em economia de custo neste ano. Além disso, não houve cancelamento de nenhuma encomenda de aeronaves em razão da pandemia do novo coronavírus.

Não obstante, o presidente da fabricante brasileira declarou que o ano de 2020 será “difícil” e ainda o ano de 2021 deverá ser “pior do que esperávamos”.

A Boeing tencionava comprar a divisão de aviação comercial da Embraer, com o objetivo de aumentar a capacidade de competição com a Airbus, atual líder do setor. Ao mesmo tempo,a  fabricante brasileira esperava se beneficiar com o poder da máquina de marketing da estadunidense na venda de aeronaves regionais.

Bolsonaro: Embraer poderá negociar com outras empresas

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira que a Embraer poderá negociar com outras empresas devido ao fim das negociações junto à Boeing.

Saiba mais: Embraer (EMBR3) poderá negociar com outras empresas, diz Bolsonaro

“Estamos avaliando. Tem golden share, é minha, eu assino. Se o negócio for desfeito, talvez se recomece uma nova negociação com outra empresa”, afirmou Bolsonaro em entrevista coletiva no Palácio da Alvorada, ao lado do ministro da economia, Paulo Guedes.

Gomes Neto gravou um vídeo dando sua versão dos fatos, salientando que “lamenta a decisão”, mas que a Embraer já superou crises anteriormente. “Vamos buscar compensação”, declarou o executivo.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião