Mercado

Dólar encerra em leve queda com reforma tributária no radar do mercado

0

O dólar encerrou nesta terça-feira (3) em leve queda de -0,086%. A moeda norte-americana fechou o pregão cotada em R$ 4,1798 na venda.

A cotação máxima do dólar nesta terça-feira foi de R$ 4,1823, registrada por volta das 16h10. A mínima foi de R$ 4,1568, às 11h49.

Os investidores continuam acompanhando a reforma tributária e a possível volta de um imposto nos moldes da CPMF. Além disso, a queda da produção industrial também refletiu no câmbio.

No cenário externo, as oscilações da libra esterlina movimentaram os mercados do mundo inteiro.

Nova CPMF

A equipe econômica do governo federal está arquitetando novos planos para poder defender a substituição da atual contribuição sobre folha de pagamentos por um novo imposto no estilo da CPMF.

Saiba mais: Equipe econômica tenta criar estratégia para ratificar nova CPMF

A ideia é mostrar que o modelo estudado pela equipe pode beneficiar a economia e também criar novos postos de trabalho.

De acordo com o site “O Globo”, o novo tributo poderia ter menos influência sobre o faturamento das empresas. Com isso, o imposto deixaria de pesar 14,2% e passaria para 3,25%.

Queda da produção industrial

A produção industrial caiu 0,3% em comparação com o mês passado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o terceiro mês de queda do índice.

Saiba mais: Produção industrial cai 0,3%, registrando o pior julho em 4 anos

Em comparação com julho ano passado, o tombo foi ainda mais acentuado, de 2,5%. No acumulado de 2019, a queda é de 1,7%.

Com o resultado deste mês, o patamar da produção das indústrias no Brasil está em 18,3% abaixo do ponto mais alto do indicador, ocorrido em maio de 2011.

Queda da libra

Em meio a uma semana decisiva para o debate sobre o Brexit, a saída do Reino Unido da União Europeia é um dos motivos pelas oscilações da libra esterlina nos últimos anos.

Saiba mais: Brexit: libra cai ao menor patamar desde 2016

De manhã, a libra atingiu a maior minima em 34 anos, em relação ao dólar. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, ameaçou expulsar membros do seu partido que não votarem a favor de suas propostas.

Após o governo perder a maioria no Parlamento com a mudança de partido do conservador Phillip Lee, que se transferiu ao Partido Liberal Democrata, a libra recuperou o que havia perdido, contudo, ainda fechou em queda de -0,012% nesta terça.

Última cotação do dólar

Na última sessão, na segunda-feira (2), o dólar encerrou em alta de +0,997% com sua venda a R$ 4,1834.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.