Dólar opera em leve alta com avanço de covid-19 na Europa no radar

Dólar opera em leve alta com avanço de covid-19 na Europa no radar
Por volta das 10h50, nesta quinta-feira (5), o dólar operava em queda de 1,93%, negociado a R$ 5,55.

O dólar opera em leve alta nesta terça-feira (27) com o avanço do novo coronavírus (covid-19) na Europa e o pacote de estímulos dos Estados Unidos no radar.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Por volta das 9h40, o dólar registrava uma leve variação positiva de 0,21%, sendo negociado a R$ 5,6345. O mercado acompanha o desdobramento de medidas restritivas dos países do continente europeu.

O avanço de contágio do novo coronavírus na Europa mantem os investidores em alerta. O ministro da Economia da Alemanha, Peter Altameir, disse nesta terça, que o país provavelmente atingirá 20 mil novas infecções por dia no fim desta semana.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

“Estamos lidando com um crescimento exponencial. Na Alemanha, o número de novas infecções está crescendo entre 70% a 75% comparado com a semana anterior”, disse Altameir.

A chanceler Angela Merkel e líderes dos 16 estados do país se reunirão na próxima quarta-feira (28) para decidir sobre nova medidas de restrição para desacelerar a segunda onda da pandemia.

Já na Itália, milhares de pessoas foram as ruas contra as restrições anunciadas no último domingo (24) para conter a disseminação do vírus. O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, anunciou que cinemas, teatros, academias e piscinas deverão ser fechadas, enquanto que bares e restaurantes terão que deixar de servir às 18h.

Por sua vez, o conselheiro científico da França, Jean-François Delfraissy, considerou a situação do país como crítica. O país pode estar próximo de  atingir 100 mil casos diários por covid-19, o dobro do balanço oficial. Além disso, os parisienses com o vírus representam 67% das internações de leitos de tratamento intensivo.

“Há provavelmente mais do que 50 mil casos por dia. No comitê científico estimamos que andamos por volta dos 100 mil casos por dia. Neste momento, estamos com  67% dos leitos de tratamento intensivo ocupados por pacientes com covid-19”, disse Delfraissy.

Pacote de estímulos dos EUA

Já na principal economia do mundo os olhares permanecem atento ao desdobramento do pacote de estímulos.

A presidente da Câmara dos Representantes do Estados Unidos, Nancy Pelosi, segue otimista de que um acordo com o governo americano por um novo pacote fiscal pode ser fechado antes da eleição, disse o porta-voz da democrata, Drew Hammill.

“Permanecemos esperançosos de que a resposta deles será positiva e também esperamos o resultado das reuniões entre presidentes do comitês”, escreveu Hammill em sua publicação no Twitter.

Última cotação do dólar

Na última sessão, segunda-feira (26), o dólar encerrou o pregão em queda de 0,27%, negociado a R$ 5,612.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião