Dólar opera em alta de 0,8%, sendo negociado a R$ 5,54

Dólar opera em alta de 0,8%, sendo negociado a R$ 5,54
Por volta das 9h20, nesta terça-feira (13), o dólar subia a 0,29%, sendo negociado a R$ 5,54.

O dólar abre em alta nesta sexta-feira (25) acompanhando o desdobramento das bolsas globais e o pacote de estímulos dos Estados Unidos.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Por volta das 9h40, o dólar registrava alta de 0,85%, sendo cotado a R$ 5,548. Dessa forma, a moeda estadunidense reverteu o fechamento da véspera de queda de 1,3%.

As bolsas internacionais operam em campo negativo nesta sexta. Os investidores permanecem monitorando o avanço do novo coronavírus (covid-19) no território europeu e as perspectivas de recuperação econômica da Europa.

Na última quinta-feira (24), o Reino Unido confirmou mais de 6.178 casos de covid-19. Trata-se do maior número registrado desde 1º de maio. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, anunciou, na terça-feira (22), novas medidas para conter o surto do vírus como um segundo “lockdown” nacional.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Já no continente americano, os olhos estão atentos a principal economia do mundo, os EUA. Os democratas estão preparando um pacote de estímulos de US$ 2,4 trilhões (R$ 13,3 trilhões) que deve ser votada na semana que vem, segundo o jornal norte-americano “CNBC”.  O objetivo do pacote é apoiar as empresas aéreas e o estadunidense desempregado.

Com essas notícias, o mercado abriu em campo misto e por volta das 7h começou a operar em negativo.

No cenário doméstico está no radar a votação sobre a prorrogação do seguro-desemprego para quem foi demitido durante a pandemia. Os integrantes do governo solicitaram a suspensão da votação. O Jornal “Estado de S.Paulo” informou que a equipe econômica não é contra medida, mas solicitou um prazo de 15 dias para apresentar uma nova proposta. O projeto prevê a prorrogação do seguro-desemprego por mais duas parcelas.

Última cotação do dólar

Na última sessão, quinta-feira (24), o dólar encerrou em queda de 1,38%, sendo negociado a R$ 5,51.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião