Mercado

Dólar fecha em alta com declarações de Guedes e recuo na economia

0

O dólar fechou esta quarta-feira (12) em alta de 0,473%, cotado em R$ 3,8686. Essa foi a cotação máxima do dia. A mínima foi de R$ 3,8332, por volta de 12h10.

Nesta quarta, o dólar iniciou o dia em alta de 0,293%, negociando a R$3,8612. O mercado continua monitorando o fraco desempenho da economia brasileira.

A exclusão de estados e municípios do parecer da reforma da Previdência também está no radar dos investidores. Nesta quarta, o ministro da Economia Paulo Guedes declarou que a Caixa Econômica Federal devolverá R$ 3 bilhões ao governo federal. O mercado reagiu a declaração.

Queda nas vendas de varejo

Após dois meses marcados pela estabilidade, o volume de vendas do varejo caiu 0,6% em abril. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) esse é o pior resultado para o mês desde 2015, quando registrou -1%.

Saiba mais: Vendas do varejo em abril têm recuo de 0,6% em relação a março

De acordo com a gerente da pesquisa de vendas do varejo, Isabella Nunes, esse resultado demonstra a estagnação da economia brasileira. “Só essa observação já nos mostra uma perda de ritmo no ano de 2019”, disse Nunes.

Devolução de R$ 3 bi ao governo federal

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que o banco devolverá R$ 3 bilhões ao governo federal. Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, o valor total que deverá ser devolvido é de R$ 42 bilhões.

Saiba mais: Caixa devolverá R$ 3 bi dos R$ 42 bi ao governo federal

Esse recurso é referente ao empréstimo feito através do Instrumento Híbrido de Capital e Dívida (IHCD) durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. O empréstimo ficou conhecido como “pedaladas fiscais” que resultaram no impeachment de Dilma.

Reforma da Previdência

O parecer da reforma da Previdência deve excluir os estados e municípios, da proposta. Além disso, também deve retirar o sistema de capitalização. E as mudanças na aposentadoria rural e no Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Saiba mais: Reforma da Previdência: sem BPC, capitalização, estados e municípios

O parecer da reforma da Previdência é de responsabilidade do relator da comissão especial da Câmara, o deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). E deve ser apresentado na próxima quinta-feira (12).

Última cotação

Na última sessão, que ocorreu na terça-feira (12), o dólar teve uma queda de –0,88%, cotado a R$ 3,8504.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.