Dólar encerra em alta de 0,8%, cotado em R$ 4,32

Dólar encerra em alta de 0,8%, cotado em R$ 4,32
Por volta das 9h20, o dólar registrava queda de 0,47%, sendo negociado a R$ 5,53.

O dólar encerrou nesta sexta-feira (7) em alta de 0,819%, negociado a R$ 4,321. É a primeira vez na história que a moeda norte-americana ultrapassa a casa dos R$ 4,30 no fechamento.

Durante o dia, a cotação máxima do dólar foi de R$ 4,3225, por volta das 16h50. A mínima foi de R$ 4,2908, às 10h30.

Confira quais foram as principais notícias que movimentaram o mercado nesta sexta:

  • Taxa de desemprego nos EUA sobe para 3,6% em janeiro;
  • Coronavírus: China informa que não irá divulgar dados comerciais de janeiro;
  • Reforma administrativa será entregue na próxima semana, diz Guedes.

Desemprego nos EUA

Os Estados Unidos geraram 225 mil postos de trabalho em janeiro de 2020. Em contrapartida, a taxa de desemprego do país subiu para 3,6% ante 3,5% do mês anterior.

Saiba mais: Taxa de desemprego nos EUA sobe para 3,6% em janeiro

O número de desempregados nos EUA passou de 5,753 milhões, em dezembro de 2019, para 5,892 milhões em janeiro deste ano. Com o resultado, a taxa de desemprego do país retorna ao mesmo patamar registrado em outubro do ano passado.

Os desempregados a longo prazo, ou seja, aqueles que buscam emprego há ao menos 27 semanas, chegaram a 1,2 milhão. O número equivale a 20% do total de desocupados no país.

Coronavírus

A China comunicou que não irá divulgar os dados prévios de seu comércio para janeiro. O país asiático optou por juntar os dados de fevereiro e divulgá-los de uma só vez, assim como é feito com outros indicadores econômicos da China. A medida pode ter sido tomada por causa da epidemia de coronavírus.

Saiba mais: Coronavírus: China informa que não irá divulgar dados comerciais de janeiro

A escritório da alfândega da China realizou o comunicado após diversas perguntas sobre os dados de janeiro. Os dados estavam agendados para serem divulgados às 11h no horário local do país asiático (meia-noite desta sexta no Brasil).

Em geral, os dados do país asiático no início do ano são influenciados pela data em que cai o feriado do Ano Novo Lunar.

Reforma administrativa

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que a proposta de reforma administrativa será enviada à Câmara dos Deputados na próxima semana.

Saiba mais: Reforma administrativa será entregue na próxima semana, diz Guedes

De acordo com o ministro, o Congresso Nacional está “abraçando” tanto a reforma administrativa quanto a tributária. Além disso, Guedes afirmou que a proposta de reforma tributária será apresentada para um comitê formado pela Câmara e pelo Senado.

“A reforma tributária é um pouco mais complexa. A administrativa é mais simples”, disse o ministro.

Última cotação do dólar

Na última sessão, quinta-feira, o dólar encerrou em alta de 1,1%, cotado em R$ 4,28.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião