Mercado

Dólar opera em alta devido as tensões do mercado interno

0

O dólar opera em alta, nesta segunda-feira (10), devido as tensões do mercado interno com as divulgações das conversas que poderiam ter comprometido a operação Lava-Jato.

Por volta das 9h15, o dólar registrava uma leve alta de 0,384% sendo negociado a R$3,8917. O mercado segue reagindo as divulgações das conversas entre o ministro da Justiça e o procurador Federal sobre a operação Lava-Jato. Além disso, conforme o Boletim Focus o Produto Interno Bruto foi reduzido e tem previsão de 1%.

E segue no radar dos investidores o acordo entre o México e os Estados Unidos, e a tramitação da reforma da Previdência.

Dallagnol e Moro

Conforme o site “The Intercept Brasil” o ministro da Justiça, Sérgio Moro e o procurador federal, Deltan Dallagnol, se colaboraram durante a operação Lava-Jato. De acordo com os analistas, esse comportamento poderia configurar um desvio antiético.

Saiba Mais: Mensagens mostrariam colaboração entre Dallagnol e Moro, diz site

O site publicou as trocas de  mensagens em grupo no aplicativo Telegram entre 2015 e 2018. Moro teria se coordenado com Dallagnol na condução das investigações. O que é proibido pelas leis brasileiras que disciplinam a condução do processo penal.

PIB

O Produto Interno Bruto deste ano está prevista em 1%, conforme o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (10). Além disso, as previsões para 2020 foi reduzida ficando em 2,23%.

Saiba Mais: Boletim Focus: PIB é reduzido pela 15ª vez; nova previsão é de 1%

Dessa forma, essa é a 15ª semana seguida de redução do PIB no Boletim Focus. Para o PIB de 2021 e de 2022 foi mantida a previsão de 2,5% de alta.

Estados Unidos x México

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na última sexta-feira (7), que chegou a um acordo com o México. Dessa forma, Trump suspendeu a aplicação de tarifas alfandegárias aos produtos mexicanos. A suspensão ocorreu três dias anteriores ao primeiro acréscimo de taxas de importação.

O motivo da ameaça da aplicação das tarifas alfandegárias seria o grande fluxo de imigração clandestina. Muitos mexicanos entram ilegalmente nos Estados Unidos devido à divisão de fronteira entre os países.

Saiba Mais: Trump chega a acordo com o Mexico e suspende tarifas sobre importação

“México, por sua vez, concordou em adotar fortes medidas para conter a maré de imigração do México pela nossa fronteira sul. Isto está sendo feito para reduzir ou eliminar imigração ilegal que vem do México para dentro dos EUA. Detalhes do acordo serão divulgados em breve pelo Departamento do Estado. Obrigado!”, publicou Trump em seu Twitter.

Reforma da Previdência

O parecer da reforma da Previdência deverá ser apresentado nesta segunda-feira, conforme foi prometido pelo relator Samuel  Moreira. Depois da leitura será necessário haver duas sessões de intervalo para analise do texto pelos parlamentares.

Saiba Mais: Reforma da Previdência: Líder de governo do PSL e Bolsonaro se reúnem

Até o momento, não há um prazo para a votação, mas, o governo tem a expectativa que de iniciar a votar nas primeiras semanas de julho. No entanto, isso depende da agilidade de aprovação da reforma na comissão especial e da articulação política do governo para garantir os votos necessários.

Dentre os pontos principais, está a discussão do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Última  cotação

Na última sessão, que ocorreu na sexta-feira (7), o dólar teve uma queda -0,131% sendo negociado R$ 3,8775.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.