Mercado

Dólar ascende com data para reforma dos militares chegar ao Congresso

0

O dólar fechou em alta no pregão desta quinta-feira (14), na B3 (BM&F Bovespa).

A alta foi de quase 1%, chegando a 0,91%. O dólar fechou com a cotação de R$ 3,848 para a venda.

Na véspera (13), o ministro da Defesa, Fernando Azevedo, afirmou que a proposta de reforma da Previdência dos militares das Forças Armadas deve chegar aos parlamentares na próxima quarta-feira (20).

Confira o fechamento das principais moedas:

  • Euro: alta de 0,685% a R$ 4,3505
  • Libra esterlina: alta de 0,124% a R$ 5,0898

Reforma da Previdência dos militares

A proposta de reforma da Previdência para os militares das Forças Armadas deve chegar ao Congresso Nacional na próxima quarta-feira (20), segundo o ministro da Defesa, Fernando Azevedo.

O ministro até mesmo cancelou a viagem programada para os Estados Unidos da América (EUA), na qual integraria a comitiva presidencial.

Na véspera (13), a proposta de reforma da Previdência dos militares foi encaminhada do ministério da Defesa, ao ministério da Economia.

Após passar pelas mãos do ministro Paulo Guedes, a proposta ainda deve passar pela Secretaria de Assuntos Jurídicos, na Casa Civil. Será então que a proposta irá ao Congresso Nacional.

Saiba mais – Proposta de Previdência dos militares deve chegar ao Congresso dia 20 

Adesão automática do Cadastro Positivo

A Serasa Experian divulgou um levantamento realizado, acerca dos impactos do Cadastro Positivo. Segundo o estudo, há a potencial injeção de R$ 1,3 trilhão na economia do País, após instalada a adesão automática ao sistema para pessoas físicas e jurídicas.

De acordo com a Serasa Experian, o sistema do Cadastro Positivo pode incluir mais de 22,6 milhões de pessoas no mercado de crédito. Além de reduzir os juros para cerca de 74% das pessoas acima de 18 anos, que já possuem acesso ao crédito.

Saiba mais – Vendas do varejo em janeiro têm alta de 0,4% em relação a dezembro

Vendas do varejo

As vendas do varejo brasileiro registraram uma alta de 0,4% em janeiro deste ano, quando comparado a dezembro de 2018, na série com ajuste sazonal. As informações foram divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quinta-feira (14).

Saiba mais – Brexit: Parlamento britânico vota contra convocação de novo referendo

Brexit adiado

O Parlamento britânico votou a favor da proposta da primeira-ministra Theresa May, de pedir à União Europeia (UE) pelo adiamento da data do Brexit, prevista, por ora, para 29 de março. A nova data pode ser 30 de junho.

Foram 412 votos a 202, que decidiram pelo adiamento da data da saída do Reino Unido do bloco econômico União Europeia. O Brexit poderá ser postergado para 30 de junho, caso Bruxelas concorde com o pedido da primeira-ministra.

Saiba mais – Adiamento do Brexit é aprovado; nova data pode ser 30 de junho

Produção industrial da China

O crescimento da produção industrial da China obteve o menor desempenho em 17 anos.

Além disso, o desemprego na China subiu, provocando alertas na economia do país asiático. A série de dados foi divulgado nesta quinta-feira (14). Apesar das vendas de varejo terem sido fracas, o investimento em propriedades cresceu. Isso indica que a desaceleração pode não ser tão acentuada.

A produção industrial da China obteve elevação de 5,3% em janeiro-fevereiro, taxa mais lenta desde o início de 2002. Os números são reflexos da baixa demanda no cenário externo e interno. A expectativa era que a expansão industrial chinesa desacelerasse de 5,5% a 5,7% em dezembro.

Saiba mais – China: produção industrial tem o menor avanço em 17 anos 

Banco Central

O Banco Central (BC) vendeu nesta sessão todo o lote de 14,5 mil contratos de swaps cambiais tradicionais, equivalente à venda de dólar futuro. A operação visa postergar o vencimento de papéis que, inicialmente, venceriam em 1º de abril.

Em sete operações realizadas, o BC já rolou o equivalente a US$ 5,075 bilhões. O estoque a vencer em abril soma US$ 12,321 bilhões. O montante total de swaps vendidos pelo BC e de posse do mercado é de US$ 68,863 bilhões.

Última cotação

Na última sessão, o dólar encerrou a R$ 3,8133, apresentando queda de 0,084%.

Compartilhe a sua opinião

Amanda Gushiken
Amanda Sayuri Gushiken escreve sobre finanças e negócios para o portal Suno Notícias. Antes, trabalhou selecionando notícias da imprensa para clientes do mercado financeiro. Também desenvolve pesquisa acadêmica pela Universidade Anhembi Morumbi na área de Teorias da Comunicação e é fotógrafa nas horas vagas.