Disney: reabertura da Disneylândia é incerta de gera demissões

Disney: reabertura da Disneylândia é incerta de gera demissões
A Disney demitirá 28000 trabalhadores frente a incerteza sobre a reabertura da Disneylândia, na Califórnia.

A Walt Disney Co. (NYSE: DIS) informou nessa terça-feira (29) que, devido às restrições ocasionadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), bem como sua incapacidade de reabrir a Disneylândia, demitirá aproximadamente 28000 funcionários em seus parques temáticos domésticos. Além disso, o Disneyland Resort deverá permanecer fechado em um futuro previsível.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

A Disneylândia é o único parque parque temático da Disney que ainda não reabriu com capacidade reduzida. Apesar da companhia ter esperanças de que o parque localizado no sul da Califórnia já estivesse de portas reabertas em julho, os planos não foram concretizados devido à disseminação do coronavírus no Estado.

A companhia destacou que os efeitos da pandemia de coronavírus na Califórnia foram exacerbados “pela relutância do Estado em suspender as restrições que permitiriam a reabertura da Disneylândia“.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Além disso, a companhia destaca que cerca de 80 mil empregos locais dependem do parque.

Vale lembrar que os funcionários estão em licença desde abril desse ano recebendo benefícios de saúde, mas não salário. A Disneylândia fechou seus portões em meados de março, devido a pandemia.

Pedidos para reabertura do parque da Disney

Na última segunda-feira (28) 20 legisladores da Califórnia enviaram uma carta ao governador Gavin Newsom, pedindo para que ele considerasse a reaberturas dos parques, destacando que alguns espaços públicos internos já têm permissão para reabrir.

Já a  deputada Sharon Quirk enviou um e-mail ao ‘The Wall Street Journal’ afirmando que “na cidade de Anaheim, houve um aumento de cerca de 12% na taxa de desemprego e a cidade pode enfrentar um déficit orçamentário de US $ 100 milhões em grande parte por causa da perda de dólares do turismo que é criada através da Disneylândia”.

Por sua vez,  vice-presidente dos resorts da Disney, Patrick Finnegan, declarou em um vídeo enviado à repórteres que “estamos prontos para inaugurar e esperamos ter orientação do estado em breve”.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião