Dimed (PNVL3), dona da Panvel, anuncia recompra de ações

Dimed (PNVL3), dona da Panvel, anuncia recompra de ações
Dimed aprova recompra de ações até agosto de 2021.

A Dimed (PNVL3), controladora da rede de farmácias Panvel, anunciou, na última quarta-feira (19), um programa de recompra de até dois milhões de ações ordinárias de sua emissão. A informação foi divulgada por meio de um fato relevante.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Segundo a companhia, a operação ainda contempla a possibilidade de recompra de 240 mil papéis preferenciais. A Dimed informou que o prazo para a recompra será iniciado no dia 28 de agosto, e será encerrado em 27 de agosto de 2021.

A empresa disse que o objetivo da recompra é “maximizar a geração de valor para os acionistas, a partir de uma estrutura de capital adequada combinada com o crescimento dos resultados e proventos por ações”. Além disso, está na pauta a “viabilização da implementação de eventuais planos de incentivo de longo prazo a serem deliberados pelos acionistas no âmbito da companhia por meio dos quais executivos venham a receber ações de emissão da companhia”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

As instituições financeiras que participarão do processo serão BTG Pactual (BPAC11), Santander (SANB11), Bradesco (BBDC4) e Itaú Unibanco (ITUB4).

Dimed precifica papéis em aumento de capital

A Dimed informou, no fim do mês passado, que o preço por ação de seu aumento de capital foi fixado em R$ 30. A informação foi revelada por meio de um fato relevante.

Com a deliberação do Conselho de Administração, a companhia captou cerca de R$ 480 milhões por meio de uma emissão primária de 16 milhões de ações ordinárias. As novas ações passaram a ser negociadas no dia 24 de julho.

O preço fixado possuía um deságio de 1,8% sobre a cotação dos papéis da empresa negociados na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) naquele dia, a R$ 30,54. Atualmente, as ações da empresa são cotadas a R$ 23,20.

A Dimed disse que “pretende utilizar a totalidade dos recursos líquidos provenientes da oferta primária para fins de investimento em novas lojas, investimento em recursos de tecnologia da informação e investimento na infraestrutura de logística”.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião