CVC (CVCB3): empresa anuncia destituição de diretor

CVC (CVCB3): empresa anuncia destituição de diretor
CVC (CVCB3): pior ainda está por vir e recuperação deve ficar para 2021

A CVC (CVCB3) anunciou, na noite da última terça-feira (15), a destituição do diretor Ricardo Pinheiro Paixão. A informação foi revelada por meio de um comunicado ao mercado.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Segundo a CVC, Paixão foi retirado da diretoria, a qual exercia um cargo sem designação específica. A empresa informa que “agradece a contribuição prestada ao longo do período” em que fez parte do quadro de funcionários.

Em junho deste ano, a empresa já havia informado a saída de Jacques Douglas Varaschim, que renunciou ao cargo de diretor de tecnologia da informação. O executivo, que já trabalhou no site “Globo.com” e Promon Tecnologia Ltda., permaneceu no cargo até 16 de julho.

Suno One: o primeiro passo para alcançar a sua independência financeira. Acesse agora, é gratuito!

O cargo foi ocupado por Marcelo Leite, que é o novo CIO. Leite chegou à CVC com o desafio de comandar a parte tecnológica das dez empresas do grupo, entre B2B e B2C, chefiando a ABC Tower, edifício conhecido como CVC Digital, na rua da Catequese, em Santo André (SP).

CVC tem prejuízo de R$ 1,9 milhão em 2019

A CVC apresentou, no início deste mês, os resultados auditados referentes ao quarto trimestre do ano passado, assim como os números consolidados de todo o ano. A operadora de viagens encerrou o ano passado com prejuízo de R$ 1,9 milhão, frente a um lucro de R$ 123,4 milhões no ano anterior.

Um mês antes, a companhia havia divulgado números preliminares, não auditados, que demonstravam que a empresa havia registrado um lucro de R$ 45,1 milhões e receita de R$ 1,76 bilhão no ano passado. A operadora de viagens havia explicado, na época, que o comitê de auditoria tinha apontado distorções nas demonstrações financeiras em seu relatório. Agora, o processo de apuração independente sobre os erros contábeis foi finalizado.

Com isso, a CVC espera “avaliar a possibilidade de responsabilização das pessoas envolvidas e as medidas legais cabíveis de modo que  o assunto possa ser devidamente reportado aos acionistas da companhia e, se for o caso, submetido à assembleia geral”.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião