Coronavoucher: nascidos em dezembro já podem sacar a segunda parcela

Coronavoucher: nascidos em dezembro já podem sacar a segunda parcela
Coronavoucher: nascidos em dezembro já podem sacar a segunda parcela

Os brasileiros que nasceram em dezembro e receberam a segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600, apelidado de coronavoucher, através da Poupança Social Digital, já podem, a partir desse sábado (13), sacar ou transferir o dinheiro do benefício, de acordo com o calendário de pagamento.

Assim, a Caixa Econômica Federal finaliza os pagamentos referente a segunda parcela do coronavoucher, para aqueles beneficiários que receberam a primeira parte do auxílio até o dia 30 de abril.

Contudo, as datas para o pagamento da segunda parcela para os trabalhadores informais que receberam a primeira parcela a partir de maio ainda não foram divulgadas, bem como o calendário para o pagamento da terceira parte do auxílio emergencial para os brasileiros que não recebem o Bolsa Família.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Vale destacar que o pagamento da terceira parcela do benefício continua suspenso para os trabalhadores que não fazem parte do programa Bolsa Família. Para os brasileiros que fazem parte do programa, o pagamento começa a ser feito no dia 17 de junho.

O calendário é relacionado com o último algarismo do Número de Identificação Social (NIS), sem levar em consideração o dígito. Confira o calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial para os brasileiros que recebem Bolsa Família:

  • NIS com final 1: 17 de junho
  • NIS com final 2: 18 de junho
  • NIS com final 3: 19 de junho
  • NIS com final 4: 22 de junho
  • NIS com final 5: 23 de junho
  • NIS com final 6: 24 de junho
  • NIS com final 7: 25 de junho
  • NIS com final 8: 26 de junho
  • NIS com final 9: 29 de junho
  • NIS com final 0: 30 de junho.

Terceiro lote da 1° parcela do coronavoucher contempla 4,9 mi de brasileiros

O terceiro lote da primeira parcela do auxílio emergencial conta com 4,9 milhões de beneficiários aprovados. Os cadastros elegíveis foram enviados para a Caixa Econômica Federal na última sexta-feira (12), segundo o Ministério da Cidadania, 8,9 milhões de registros feitos entre os dias 1 e 26 de maio foram analisados.

No total, o valor a ser pago aos 4,9 milhões de trabalhadores que tiveram o cadastro para receber o coronavoucher aprovado, chega a R$ 3,1 bilhões. Esses brasileiros devem receber os R$ 600 (R$ 1200 para mães solos) através da poupança social digital da seguinte maneira:

  • Nascidos entre janeiro e junho recebem dia 16/06;
  • Nascidos entre julho e dezembro recebem dia 17/6.

Veja também: Coronavoucher: Bolsonaro diz que auxílio ‘tem limite’

O banco abrirá cerca de 680 agência nesse sábado, das 8h às 12h, para atender os brasileiros que recebem o coronavoucher. Contudo, a instituição reforça que os beneficiários podem optar pelo atendimento virtual para evitar aglomerações.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião