Internacional

Coronavírus: Na Europa, BCE anuncia medidas de estímulo

0

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou nesta quinta-feira medidas de suporte ao setor financeiro para minimizar os impactos do coronavírus na economia.

O pacote inclui uma rodada adicional de operações de refinanciamento de longo prazo (TLTRO, na sigla em inglês), condições mais favoráveis a esses empréstimos e um programa adicional de recompra de ativos. Esta última medida prevê o desembolso € 120 bilhões (R$ 667,34 bilhões).

Veja mais: Coronavírus: Bolsa de Chicago será paralisada a partir de sexta-feira

Fonte: <a href=”https://www.sunoresearch.com.br/noticias/coronavirus-pregao-de-chicago-sera-paralisado/”>Coronavírus: Bolsa de Chicago será paralisada a partir de sexta-feira</a>

A autoridade monetária diz que não vê problemas de liquidez no sistema financeiro, mas tomou as medidas como forma de prevenção. No caso das TLTRO’s, o objetivo é auxiliar principalmente empresas de pequeno e médio portes, segundo o Banco Central Europeu.

As operações de refinanciamento de longo prazo adicionais terão validade até junho, quando já estava prevista uma nova rodada desse tipo de medida. As TLTRO’s feitas a partir do meio do ano terão redução nos juros de 0,25% sobre as médias, segundo o BCE.

A autoridade monetária manteve a taxa de juro da facilidade permanente de depósito em -0,50%.

Na Europa, os mercados operam desde a abertura dos pregões em forte baixa, em reação à restrição de vôos do continente aos Estados Unidos por 30 dias. O anúncio da medida, em tentativa de conter os avanços do coronavírus, foi feito pelo presidente Donald Trump em rede nacional na noite da última quarta-feira. Uma exceção à regra são vôos originários da Inglaterra.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Felipe Machado
Felipe Machado é editor na Suno Research. Formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Foi repórter de Serviços no Valor Econômico e de Economia no site da Veja.