Coronavírus: Marcopolo dará férias coletivas aos colaboradores no Brasil

Coronavírus: Marcopolo dará férias coletivas aos colaboradores no Brasil
Marcopolo (Foto: Divulgação)

A Marcopolo (POMO3;POMO4) comunicou nesta quinta-feira (19) que dará férias coletivas aos funcionários de todas suas fábricas no Brasil, como precaução, por conta da pandemia de coronavírus. A medida entrará em vigor na próxima segunda-feira (23). Qualquer atividade da empresa do ramo de veículos automotivos estará paralisada a partir desta data.

A providência tomada pela Marcopolo irá durar até o dia 12 de abril e tem como principal objetivo resguardar a saúde de seus funcionários e familiares.

Resultados da Marcopolo

A Marcopolo apresentou lucro líquido de R$ 68,5 milhões no quarto trimestre de 2019. O valor representa uma queda de 2% em relação ao mesmo intervalo de 2018.

No acumulado de 2019, a Marcopolo teve lucro líquido de R$ 201,4 milhões, uma alta de 8% em comparação a 2018.

Segundo a empresa do setor automotivo, a produção de ônibus cresceu 9,5% em 2019, para 25.469 unidades. A demanda do mercado brasileiro teve alta de 20,8% em comparação a 2018. O valor compensou a baixa sofrida nas exportações, de 14,6%. A produção interna, entretanto, caiu no ano passado em 4,2%.

“O ano de 2019 foi marcado pela inconstância da demanda”, informa a empresa em seu relatório. A empresa justifica a baixa nos números da produção pelas exportações mais fracas e pelo volume mais forte de urbanos no mercado interno.

A receita do quarto trimestre da Marcopolo caiu 4%, para R$ 1,19 bilhão. Houve crescimento de 2,8%, porém, no consolidado do ano, para R$ 4,31 bilhões.

GM concede férias coletivas aos funcionários

Em meio a pandemia de coronavírus, o presidente da General Motors, Carlos Zarlenga, também disse, na última quarta-feira (18), que irá conceder férias coletivas de trabalho de 14 dias, a partir do próximo dia 30, a todos colaboradores de suas unidades no Brasil. Na Argentina, os empregados entraram em férias na segunda-feira (16).

A montadora do setor automotivo possui quatro fábricas no Brasil, localizadas em:

  • São Caetano do Sul
  • São José dos Campos
  • Gravataí
  • Joinville

A GM emprega 19 mil colaboradores na América do Sul. É importante destacar que a empresa também decidiu por adiar o plano de investimentos no valor de R$ 10 bilhões, em meio a pandemia de coronavírus. “A demanda está caindo e vai cair mais”, disse Zarlenga sobre a procura por veículos nas últimas semanas.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião