Copel fará três leilões para compra de energia eólica e solar em 2020

Copel fará três leilões para compra de energia eólica e solar em 2020
Copel fará três leilões para compra de energia eólica e solar em 2020

A Copel (CPLE6) fará três leilões destinados a compra de energia de usinas solares e eólicas. A informação foi divulgada, nesta sexta-feira (10), por meio de documentos publicados no site da companhia.

Os leilões serão realizados nos dias 14 de fevereiro, 17 de abril e 21 de setembro. A Copel informou que fará as compras em contratos de longo prazo.

O primeiro leilão contará com contratos para entrega entre 2022 a 2036. No segundo, os contratos valerão entre 2023 a 3035. Por fim, o terceiro leilão contará com contratos entre 2023 a 2037.

Para participar do pregão, a empresa precisará ter usinas com 1 gigawatt em capacidade instalada no País. Além disso, as companhias deverão comprovar capital social integralizado de no mínimo R$ 500 milhões.

Em setembro do ano passado, a Copel já havia realizado um leilão para a compra de energia. Na ocasião, a empresa contratou 444,3 megawatts em capacidade instalada de usinas eólicas e solares.

Aneel não irá taxar energia solar

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na última terça-feira (7), que foi informado de que a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) não irá reduzir incentivos sobre a geração distribuída de energia. Essa produção está relacionada a instalação de placas solares em telhados e terrenos.

Saiba mais: Aneel vai abrir mão de proposta de taxar energia solar, diz Bolsonaro

A Aneel começou a discutir, em 2019, uma proposta que considera remover os incentivos à geração distribuída. Como justificativa, a agência ressaltou que a ausência de mudanças nas regras atuais geraria custos bilionários nas próximas décadas que seriam pagos por consumidores que não possuem esses sistemas para produzir a própria energia.

Contudo, a proposta não foi aprovada por investidores do setor de energia solar, que conta com milhares de empresas, como a própria Copel.

Última cotação da Copel

Os papéis da Copel, sob o ticker CPLE6, encerraram o pregão em alta de 2,76%. As ações são vendidas a R$ 71,95.

Giovanna Oliveira

Compartilhe sua opinião