Com bolsas globais em recuperação, Ibovespa abre em forte alta

Com bolsas globais em recuperação, Ibovespa abre em forte alta
Por volta das 10h38, nesta segunda-feira (28), o Ibovespa abriu com uma variação positiva de 1,2%, totalizando 98.163,40 pontos.

O Ibovespa abre em campo positivo monitorando os mercados internacionais que apresentam alta nesta segunda, após a semana passada em queda com a megainvestigação dos bancos globais. O destaque de hoje está na Europa, o setor bancário registra forte valorização em seus papéis.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Por volta das 10h38, nesta segunda-feira (28), o Ibovespa abriu com uma variação positiva de 1,2%, totalizando 98.163,40 pontos. O mercado nacional acompanha o desdobramento das bolsas globais e o cenário político interno.

Na semana anterior, especificamente no domingo (20), o site “Buzzfeed” divulgou documentos vazados chamados de FinCEN files, que incluíam mais de 2.100 relatórios de pagamentos ilícitos processados por grandes instituições, incluindo HSBC, Deustche Bank, JP Morgan Chase e Barclays. Com essa notícia, o setor bancário nos índices internacionais apresentavam quedas, na segunda-feira (21) as ações do HSBC na Bolsa de Londres chegaram a recuar 4,8%.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Já hoje, o setor bancário no índice da bolsa de valores da Europa, Euro Stoxx, somam 4,10%. Só o banco HSBC registrou, por volta das 9h30, um salto de 11% em seus papéis. O indicador do continente subia 1,66%, a maior subida desde 7 de setembro.

Além da Europa, o exterior iniciou a semana em alta, com o pacote trilionário de estímulos dos Estados Unidos e o avanço da produção industrial da China no radar.

No cenário interno o foco está no Congresso Nacional. Segundo o jornal “Folha de S.Paulo”, os projetos de reforma tributária e do programa social Renda Cidadã devem ser apresentados hoje ao presidente da República Jair Bolsonaro e aos líderes da Casa. Os parlamentares vão se reunir no Palácio da Alvorada para avaliar as propostas.

Além disso, o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, afirmaram à imprensa no sábado (26) que querem reduzir os encargos sobre a contratação formal de empregados, conhecida como desoneração da folha de pagamentos. O objetivo seria reduzir essas cobranças e criar um novo imposto.

Já na economia brasileira, os especialistas responsáveis pela elaboração do Boletim Focus, do Banco Central, estimam, pela sétima vez consecutiva, a elevação da projeção do Índice de Preços ao Consumidor (IPCA). A pesquisa divulgada nesta segunda, mostra que a inflação deve terminar com alta de 2,05%, de 1,99% projetado na semana anterior. Para o próximo ano, a estimativa permanece sendo inflação de 3,01%.

Destaques das empresas nacionais

Confira abaixo os destaques das principais empresas:

A Petrobras (PETR3;PETR4) comunicou no último sábado (26) que entrou em acordo para assumir 100% das participações da empresa Total E&P do Brasil LTDA nos blocos FZA-M-57, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127, localizados em águas ultraprofundas no norte do Brasil, a cerca de 120 km do estado do Amapá, em fronteira exploratória de alto potencial na margem equatorial brasileira.

A Engie Brasil Energia (EGIE3) comunicou ao mercado, no último domingo (27), que sua subsidiária a USINA TERMELÉTRICA PAMPA SUL S.A. realizou o pedido de registro de oferta pública de distribuição de 582.000 debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie com garantia real, e garantia adicional fidejussória, em duas séries, da 2ª emissão da UTPS.

A AES Tietê (TIET11) anunciou, no último sábado, que a operação aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), na última sexta-feira (25), se referia à primeira fase do Complexo Eólico Cajuína, com 1,1 mil MW e localizado no Rio Grande do Norte.

Mercado Internacional

Com as instituições financeiras apresentando valorização em seus papéis as bolsas globais apresentavam variação positiva em seus indicadores às 7h

Última cotação do Ibovespa

Na última sessão, sexta-feira (25), o Ibovespa encerrou em leve queda de 0,01%, totalizando 96.99,38 pontos.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião