Veja quem são os cinco bilionários negros mais ricos do mundo

Veja quem são os cinco bilionários negros mais ricos do mundo
Veja quem são os cinco bilionários negros mais ricos do mundo

A onda de protestos iniciada nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, um homem negro desarmado, por um policial branco em Minneapolis despertou a atenção para temas sensíveis à sociedade, como a representatividade racial, inclusive no mercado financeiro.

Em comparação com pessoas brancas, as taxas de escolaridade, saúde e emprego, tanto nos Estados Unidos como no Brasil, são menores entre negros. E, conforme a lista de bilionários da revista Forbes, a situação não é diferente quando se trata do grupo mais rico do mundo.

Segundo a publicação, das 2.153 pessoas citadas na edição da lista finalizada em 2019, somente 13 são negras; um aumento pequeno em relação às 11 registradas no ano anterior. O resultado se manteve no ranking divulgado neste ano.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Com isso, confira os cinco negros mais ricos do mundo e veja quem são os bilionários de origem africana a figurar no ranking, conforme a lista atualizada em tempo real da revista:

1. Aliko Dangote

O primeiro lugar da lista é ocupado pelo empresário nigeriano Aliko Dangote, que lidera o ranking de negros mais ricos do mundo, bem como o de homem mais rico do continente africano.

 

O magnata é fundador e diretor executivo Dangote Group, a maior produtora de cimento da África, a Dangote Cement. A empresa tem capital aberto na bolsa de valores da Nigéria e o empresário detém 85% das ações.

A descendência de uma família com bastante riqueza e a extensão de seu império, com participação em empresas de bens de consumo,  colocam Dangote 213º lugar na lista da Forbes, com uma fortuna avaliada em US$ 8,3 bilhões (cerca de R$ 41 bilhões).

2. Mike Adenuga

Logo atrás, vem outro nigeriano, o segundo homem mais rico da África, Mike Adenuga. O empresário construiu sua fortuna avaliada em US$ 5,9 bilhões no ramos do petróleo e de comunicação.

Adenuga é dono da Conoil Producing Company, uma das primeiras companhias de seu país a obter uma licença para exploração da commodity no começo dos anos de 1990. Além disso, o empresário também é fundador e proprietário da Globacom, uma rede de telefonia móvel nigeriana que esbanja mais de 40 milhões de assinantes no país e em outras nações do continente.

3. Robert F. Smith

Robert F. Smith é o primeiro da lista nascido fora do continente africano. O ex-executivo do Goldman Sachs nasceu nos Estados Unidos e fundou a empresa de private equity Vista Equity Partners, que foca exclusivamente no investimento em empresas de softwares.

A companhia é uma das maiores gestoras de ativos do mundo e figura entre as empresas de private equity com melhor desempenho também. O empresário também ficou conhecido por quitar as dívidas estudantis de todos os alunos de uma universidade em Atlanta.

Isso tudo contribuiu para colocar Smith no terceiro lugar no ranking como negro mais rico dos Estados Unidos, com um patrimônio de US$ 5 bilhões, de acordo com a lista da Forbes.

4. David Steward

David Steward, por sua vez, figura entre os cinco primeiros por ser cofundador e presidente da provedora de serviços de tecnologia World Wide Technology.

Foto: Forbes/ Divulgação

A companhia mantém o foco nos setores comerciais, públicos e de serviços de telecomunicações da empresa e registrou uma receita de US$ 11,2 bilhões em vendas e clientes como Citi, Verizon e até o governo federal dos Estados Unidos.

Saiba mais: Conheça os hábitos incomuns de 10 bilionários dos EUA

A posição de sua empresa colocou o segundo estadunidense na lista maiores bilionários negros do mundo. David Steward tem uma fortuna avaliada de US$ 3,5 bilhões, segundo a ranking em tempo real.

5. Abdulsamad Rabiu

Outro empresário nigeriano entre os mais ricos bilionários negros do mundo, Abdulsamad Rabiu, é fundador e dono do BUA Group, um conglomerado que atua na produção de cimento e bens de consumo como açúcar, assim como no setor imobiliário.

Rabiu

O empresário havia caído da lista da lista de bilionários na Forbes em 2015, no entanto retornou no ano de 2019, subindo cada mais no ranking deste então. Atualmente, o índice da publicação norte-americana estima que Rabiu apresente um patrimônio de US$ 3,2 bilhões.

Bônus: Oprah Winfrey

Para além dos cinco negros mais ricos do planeta, vale destacar que a sexta colocada na lista de bilionários com ascendência africana é uma mulher, a ex-apresentadora Oprah Winfrey.

Em razão de seus 25 anos do que chegou a ser o talk-show diurno mais assistido da televisão,”The Oprah Winfrey Show”, a apresentadora continua como a mulher negra mais rica do mundo. Além disso, a sua produtora cinematográfica, Harpo, e seu canal a cabo, Oprah Winfrey Network (OWN), continuam a trazer retornos positivos.

Além disso, Oprah é uma grande filantropa e foi considerada a celebridade mais generosa, com o seu foco em causas educacionais. A única bilionária negra da lista gastou quase US$ 100 milhões em sua associação, Oprah Winfrey Leadership Academy for Girls, destinada à educação de garotas na África do Sul.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião