Cemig (CMIG4): Banco Clássico aumenta participação na companhia

Cemig (CMIG4): Banco Clássico aumenta participação na companhia
O Banco Clássico aumentou a participação acionária na Cemig (CMIG4) através de seu fundo FIA Dinâmica Energia.

A Companhia Energética de Minas Gerais, Cemig (CMIG3; CMIG4), anunciou nesta sexta-feira (25), via comunicado ao mercado, que recebeu uma correspondência do Banco Clássico informando que aumentou sua participação acionária na elétrica estatal, com a aquisição de ações através de seu fundo exclusivo FIA Dinâmica Energia.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

A operação foi feita na última quarta-feira (23), segundo informou  Banco Clássico em correspondência enviada à Cemig. Além disso, a instituição financeira explicou que adquiriu, através de seu fundo, 5.471.800 ações ordinárias da Cemig, ao passo que a negociação custou pouco mais de R$ 59 milhões.

Com essa aquisição, o FIA Dinâmica Energia passou a deter 81.605.977, ou seja, 16,07% das ações ordinárias e 51.967.372 (5,14%) ações preferenciais da estatal mineira. Nesse sentido, o fundo passou a deter 8,79% do capital total da Companhia Energética de Minas Gerais.

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro para trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

Além disso, o comunicado destacou que o “Banco Clássico S.A. objetiva com essa operação diversificar os investimentos em energia elétrica do FIA Dinâmica Energia ao mesmo tempo em que procura direcionar parte dos investimentos do Banco para o setor de infraestrutura do País”.

Vale destacar que antes da operação, o fundo de investimento em ações contava com 11,35% das ações ordinárias e 5,14% dos papeis preferenciais da estatal, totalizando 7,22% da Cemig.

Já o governo de Minas Gerais, que controla a companhia, conta com 51% de suas ações ordinárias, e aproximadamente 17,7% da participação total.

BlackRock aumenta participação acionária na Cemig

No início desse mês a Companhia Energética de Minas Gerais informou que a BlackRock, uma das maiores gestoras de recursos do mundo, aumentou sua participação acionária na empresa. A informação foi revelada por meio de um comunicado ao mercado.

Segundo a correspondência enviada pela BlackRock, a participação na Cemig, de forma agregada, atingiu no dia 1º de setembro 94.888.261 ações preferenciais e 58.801.709 American Depositary Receipts (ADRs), representativos de papéis preferenciais.

Dessa forma, a gestora passou a deter cerca de 15,20% do total de ações preferenciais emitidas pela companhia de energia elétrica, e 2.320.928 instrumentos financeiros derivativos referenciados em ações preferenciais com liquidação financeira, representando aproximadamente 0,23% do total de ações preferenciais emitidas pela Cemig.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião