Negócios

Carrefour vende participação de 32% em empresa imobiliária

0

O grupo Carrefour anunciou nesta quarta-feira (10) que venderá sua participação na empresa imobiliária Cargo Property Assets ao grupo francês Argan.

A Cargo, fundada em 2016, está avaliada em 900 milhões de euros. O Carrefour possui 32% da companhia, portanto, receberá cerca de 290 milhões de euros através da venda.

“Esta operação contribuirá para alcançar o objetivo do plano ‘Carrefour 2022’ de se desfazer de 500 milhões de euros em ativos imobiliários não estratégicos”, disse a empresa francesa por meio de uma nota divulgada.

A empresa do setor imobiliário exerce suas atividades na França. Assim, a empresa possui cerca de um terço dos centros de distribuição do grupo Carrefour na França.

A conclusão da venda depende da aprovação de acionistas da Argon e de outras condições relacionadas ao processo de negociação. A expectativa é de que a transação seja concluída até o final de 2019.

As ações do grupo Argan subiram 3,39% na bolsa de Paris nesta quarta-feira. Assim, os papéis da empresa estavam negociando a 61 euros por volta das 17h20.

Reestruturação do Carrefour

O grupo Carrefour atua em mais de 30 países e possui cerca de 384 mil funcionários. Ao longo dos últimos dois anos, a empresa francesa está passando por um processo de reestruturação ao deixar negócios não estratégicos.

Além da venda da empresa imobiliária Cargo Property Assets, o grupo vendeu uma filial francesa no final do último mês por  620 milhões de euros.

Venda de filial francesa ao Suning.com

No último mês, o Carrefour anunciou que irá ceder 80% suas atividades na China para o grupo Suning.com por 620 milhões de euros. Para que o acordo seja concluído, autoridades de concorrência da China precisam autorizar.

Saiba mais: Carrefour vende filial chinesa por 620 milhões de euros ao Suning.com

A transação será paga em dinheiro e avalia o Carrefour China em 1,4 bilhão de euros. Portanto, o grupo francês terá ainda 20% da participação da filial chinesa. Dessa forma, ficará com dois assentos no conselho de vigilância da empresa na China.

O Carrefour está presente na China desde 1995, contando com 210 hipermercados e 24 lojas menores. No ano de 2018, a filial do grupo francês registrou uma alta de quase 10% em seus rendimentos. Portanto, atingiu o valor de 3,6 milhões de euros.

Compartilhe a sua opinião

Giovanna Almeida
Giovanna Oliveira escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, foi repórter do portal de jornalismo da ESPM-SP e produziu conteúdo para a Corinthians TV. É estudante da ESPM.