Negócios

Carrefour anuncia a emissão de R$ 1 bilhão em debêntures

0

O Carrefour (CRFB3), por meio de um comunicado divulgado ao mercado na última quinta-feira (7) anunciou a captação de R$ 1 bilhão por meio de debêntures. Segundo a empresa, o capital será destinado para alongar o seu perfil da dívida e reforçar o capital de giro.

Os papéis do Carrefour serão emitidos em três séries:

  • R$ 450 milhões com vencimento em 23 de junho de 2022
  • R$ 350 milhões com vencimento em 20 de junho de 2024
  • R$ 200 milhões com vencimento em 18 de junho de 2026

De acordo com a companhia, os juros serão de 100% do CDI, acrescidos de 0,45% ao ano para primeira tranche, 0,55% para a segunda e 0,65% para a terceira.

Carrefour divulga as vendas globais

No final do mês passado, o Carrefour anunciou os números de suas vendas globais. Puxado pelo bom desempenho na América Latina, a varejista francesa teve alta de 2,3% no terceiro trimestre, a 20,2 bilhões de euros (R$ 91,4 bilhões), em comparação com o mesmo período do ano passado.

O resultado não leva em conta as vendas de combustíveis, nem diferenças de calendário. Dessa forma, em termos orgânicos, as vendas globais da companhia tiveram alta de 2,2%.

“O desempenho no terceiro trimestre de 2019 se compara a um terceiro trimestre no ano passado que foi excepcionalmente dinâmico, particularmente em alimentos (diversas ações promocionais, particularmente em hipermercados, a Copa do Mundo e os efeitos da onda de calor)”, informa um trecho do relatório.

Saiba mais: QR Code: Cielo, Mercado Pago e Banco Carrefour usarão nova tecnologia

Já no Brasil, o Carrefour divulgou que obteve alta de cerca de 9% nas vendas brutas do terceiro trimestre de 2019 em comparação ao mesmo período do ano passado. O desempenho, de R$ 14,44 bilhões, foi motivado pela divisão de atacarejo e pela alta no faturamento dos supermercados do grupo.

No País, a empresa registrou, no terceiro trimestre deste ano, um lucro líquido ajustado atribuído aos acionistas controladores de R$ 448 milhões, uma alta de 14,7% na comparação anualizada. O valor não considera as normas do IFRS 16. Levando em conta a norma, o lucro chegou a R$ 430 milhões, alta de 21,1%.

Veja também: Grupo Carrefour Brasil finaliza compra de 49% da Ewally

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado registrou alta de 7,2%, atingido R$ 1,1 bilhão. A margem do Carrefour ficou estável em 7,7%, “apesar dos investimentos em iniciativas omnicanal”. As vendas brutas cresceram 8,9%, a R$ 151 bilhões, o que incluiu gasolina “com forte desempenho em todos os negócios”.

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.