Caixa Seguridade registra lucro líquido de R$ 393,9 milhões no 2T20

Caixa Seguridade registra lucro líquido de R$ 393,9 milhões no 2T20
Caixa Seguridade registra lucro líquido de R$ 393,9 milhões

A Caixa Seguridade registrou, na manhã desta segunda-feira (10), um lucro líquido de R$ 393,9 milhões referente ao segundo trimestre deste ano. O resultado é 5,2% superior ao reportado no mesmo período do ano passado.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Com isso, a margem líquida da Caixa Seguridade apresentou um crescimento de 0,9 ponto percentual, para 84,4%. Segundo a empresa, o indicador é resultado da redução de 14,3% nas despesas tributárias no período.

O Retorno Sobre Patrimônio Líquido (ROE, na sigla em inglês) do segundo trimestre foi de 31,2%, levemente abaixa do registrado no período entre abril e junho do ano passado, quando atingiu 32,8%. A companhia disse que a baixa é decorrente do aumento do Patrimônio Líquido em função dos lucros relativos ao exercício de 2019 e primeiro semestre de 2020, que impactam no indicador, até a distribuição dos dividendos aconteça.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Um dos destaques do trimestre, foi o faturamento das empresas do grupo, atingindo R$ 13,9 bilhões. O resultado, no entanto, equivale a uma queda de 12,9% sobre o mesmo período de 2019. A receita sofreu a influência das medidas restritivas para contenção da disseminação da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), sobretudo a partir da segunda metade do mês de março.

A companhia salientou, no entanto, que o faturamento de junho foi 9,6% maior do que o mesmo mês de 2019, em um patamar similar a janeiro e fevereiro.

Já o segmento de seguros sofreu em menor intensidade. Segundo o balanço da empresa, durante a pandemia o faturamento do segmento recuou 1,7% na comparação anualizada, para R$ 3,7 bilhões. Mesmo em meio à contração dos mercados, junho já demonstrou certa recuperação, em patamares próximos ao período pré-pandemia.

Caixa Seguridade retoma conversas sobre IPO

A Caixa Seguridade comunicou aos seus acionistas e ao mercado, em meados do mês passado, que sua controladora Caixa Econômica Federal retomou as discussões e análises referentes à oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da empresa. Os planos foram interrompidos em março deste ano por conta do momento conturbado do mercado na época.

A listagem dos papéis ordinários de distribuição secundária da Caixa Seguridade no nível de governança corporativa Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo (B3) foi divulgado por meio de um fato relevante em fevereiro, com previsão de conclusão da abertura de capital em abril.

A Caixa Seguridade é o quarto maior grupo segurador do país, organizando as participações em seguros, previdência privada, capitalização e consórcio. A companhia informou que “continuará mantendo o mercado informado, nos termos da regulamentação vigente, a respeito da evolução dos assuntos relacionados às potenciais oferta e listagem”.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião