Política

Presidente da Caixa nega alta de juros no financiamento da casa própria

0

O novo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta terça-feira (8) que não haverá aumento dos juros no financiamento da casa própria para a classe média.

Na última segunda-feira (7), após a cerimônia no Palácio do Planalto em que foi empossado presidente da Caixa, Pedro Guimarães havia declarado que a classe média teria que pagar juros de mercado financeiro a casa própria.

De acordo com Guimarães, as taxas permanecerão acima dos juros do programa Minha Casa Minha Vida (programa habitacional que conta com juros subsidiados para a população de baixa renda).

Além disso, o novo presidente do banco declarou que os juros para a classe média estão num patamar mais elevado que os subsidiados do Minha Casa Minha Vida.

Saiba mais: Novo chefe da Caixa Econômica Federal sinaliza entrada no consignado e microcrédito

De acordo com Pedro, suas palavras foram distorcidas em relação aos juros da classe média atenderem as regras do mercado.

Após a cerimônia de transmissão de cargo na presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), nesta terça-feira (8), Guimarães disse que “o menor juros que existe no Brasil para crédito imobiliário é o do Minha Casa Minha Vida”.

De acordo com o novo presidente da Caixa, não é ‘matematicamente correto’ comparar as operações do programa Minha Casa Minha Vida com crédito imobiliário para classe média. “Óbvio que juros para classe média é maior”.

Compartilhe a sua opinião

Renan Bandeira
Renan Bandeira escreve sobre política e economia para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou em uma rede de televisão, onde fazia reportagens sobre os mesmos temas. Estuda na Universidade Metodista de São Paulo.