Economia

Caixa devolverá R$ 3 bi dos R$ 42 bi ao governo federal

0

O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, informou que a instituição financeira devolverá R$ 3 bilhões ao governo federal. Conforme o ministro da Economia, Paulo Guedes, o valor total que deverá ser devolvido é de R$ 42 bilhões.

Esse recurso é referente ao empréstimo feito através do Instrumento Híbrido de Capital e Dívida (IHCD) durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff. O empréstimo ficou conhecido como “pedaladas fiscais” que resultaram no impeachment de Dilma.

“Ocorreram muitos empréstimos da União aos bancos públicos, que cometeram excessos com esses recursos, em especial Caixa e BNDES. Nossa responsabilidade é devolver esses recursos para a União, cumprindo exigências do Tribunal de Contas da União (TCU)”, disse o ministro.

Conforme Pedro Guimarães, a estratégia é que até o final do ano a Caixa tenha devolvido R$ 17 bilhões. O dinheiro arrecado não poderá ser usado como receitas primárias, mas será usado apenas para pagar a dívida pública.

‘Despedalar’

Além disso, Paulo Guedes relembrou que durante a campanha eleitoral sua equipe informou que iria “despedalar” os bancos públicos. “É a primeira vez que a Caixa devolve dinheiro para a União. Isso merece até uma celebração”, disse o ministro.

Saiba Mais: Para o fim das ‘pedaladas fiscais’ governo muda pagamentos da União

O Caixa será apenas o primeiro a devolver o empréstimo, no entanto, há outras instituições financeiras que deverão devolver. Conforme o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, ao todo os bancos públicos devem R$ 86 bilhões à União, somatizando os passivos a dívida chega a R$ 88,1 bilhões.

Além disso, Rodrigues lembra que essas dívidas não possuem data de vencimento.

  • Caixa: R$ 42 bilhões;
  • BNDES: R$ 36 bilhões;
  • Banco do Brasil: R$ 8,1 bilhões;
  • Banco do Nordeste: R$ 1 bilhão;
  • Banco da Amazônia: R$ 1 bilhão.

Dívida da Caixa

No primeiro mês do ano o presidente da instituição informou que havia uma dívida com o governo federal no valor de R$ 42 milhões e que e esse débito não possui data de vencimento, e que isso era injusto.

Saiba Mais: Caixa prepara liberação do FGTS para um valor de até R$ 30 bi

Uma das estratégias da Caixa é abrir o capital de suas subsidiárias e através das vendas de ações pagar a dívida.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.