Negócios

Caixa fecha novo acordo com CNP e deve receber R$ 7 bilhões

0

A Caixa Econômica Federal e a CNP Assurances, seguradora francesa, fecharam um acordo de renegociação de parceria no setor de seguros. Esse é um passo considerado imprescindível para a realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO) no setor de seguridade da Caixa.

Depois de seis meses de negociação, a CNP aceitou pagar aproximadamente 70% a mais para poder ter acesso ao local de negociação de ativos financeiros (balcão) da Caixa.

O contrato entre o grupo francês e a instituição financeira brasileira terá vigor até 2046.

A CNP pagará R$ 7 bilhões para ter participação de 40% na sociedade com a Caixa. Dessa forma, a empresa francesa poderá explorar os setores de:

  • Vida;
  • Prestamista;
  • Produtos da Previdência;

O valor pago pela CNP na negociação pode crescer em até R$ 800 milhões, de acordo com os resultados obtidos nos próximos anos.

“Concordamos em renegociar porque somos brasileiros agora”, disse o francês Antoine Lissowski, diretor da CNP Assurances, em entrevista ao “Valor”. “Os seguros ainda têm muito potencial de crescimento no país, a própria Caixa pode elevar sua participação no setor e o prazo foi estendido em cinco anos”, completou Lissowski.

Pedro Guimarães, presidente da Caixa, afirmou que o novo acordo demonstra a confiança no desempenho da economia brasileira e “reflete a melhora da governança da Caixa”.

Caixa realiza pagamento do PIS/Pasep

O abono salarial do PIS/Pasep começou a ser pago na última quinta-feira (19). A Caixa Econômica realizará o pagamento aos trabalhadores de instituições privadas que nasceram em setembro. Por sua vez, os servidores públicos com a inscrição final 2 receberão pelo Banco do Brasil.

Veja também: Banco Pan capta R$ 1 bilhão e fixa novo preço por ação

“O benefício do abono salarial assegura o valor de um salário mínimo anual aos trabalhadores brasileiros que recebem até dois salários mínimos dos empregadores que contribuem para o PIS ou para o Pasep“, informa o Ministério do Trabalho em seu portal de notícias.

O valor pago pela Caixa e pelo BB corresponde a um salário mínimo dividido por 12 meses trabalhado. Se a pessoa trabalhar o ano inteiro, recebe o salário mínimo completo, equivalente a R$ 998.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.