Negócios

Cade concede aval para Carrefour fazer parceria com rede Super Nosso

0

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) concedeu aval para o Carrefour Brasil (CRFB3) realizar um acordo que transfere a administração de seus 17 supermercados na região metropolitana de Belo Horizonte, em Minas Gerais, para a rede mineira Super Nosso. A informação foi publicada nesta quarta-feira (15) no Diário Oficial da União.

Em outubro do ano passado, o Carrefour Brasil informou que iria converter todos os 17 supermercados que opera em Minas para a marca Super Nosso no período de um ano.

A XP Investimentos, também no ano passado, disse que a operação entre as duas marcas era “pouco representativa dentro do resultado” do Carrefour. Em contrapartida, o UBS avaliou como positiva a negociação. “Com essa jogada, o Carrefour indica sua disponibilidade para formar parcerias com operadores pequenos, um processo bastante requerido na França”, informou à época.

Rede Super Nosso

A Super Nosso é a 17ª maior rede de supermercados do Brasil, segundo informações da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). A rede conta com 55 lojas abertas e tem faturamento anual de aproximadamente R$ 2,6 bilhões.

Empréstimo de 1,5 bilhão do Carrefour Brasil

O Carrefour Brasil novamente teve que recorrer ao seu braço financeiro global, o Carrefour Finance. Isso porque a filial brasileira da rede de mercados francesa aumentou sua dívida total no segundo semestre do ano passado e teve que fazer um contrato de empréstimo de R$ 1,5 bilhão.

Veja também: Chinesa Fosun diminuirá participação na Guide e na Rio Bravo

É importante destacar que o Carrefour utilizou 80% dos recursos de seu IPO, há cerca de dois anos, para pagar dívidas ao Finance. Em setembro do ano passado, a empresa divulgou dívida líquida de R$ 5,3 bilhões, valor mais de duas vezes maior do que o do mesmo período de 2018.

No documento da reunião de conselho de administração do Carrefour, publicado no dia 2 de janeiro deste ano, a empresa não deu detalhes sobre o destino da linha de empréstimo e disse apenas que seria utilizado em “finalidades corporativas gerais”. O Carrefour anunciou no ano passado que iria investir R$ 2 bilhões no Brasil em 2020.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.