Negócios

Burger King Brasil terá mudanças em seu conselho administrativo

0

O Burger King Brasil (BKBR3) anunciou na última sexta-feira (17) que sua diretoria passará por mudanças. Isso porque os membros do conselho administrativo da empresa, Renato Fairbanks Nascimbeni e seu suplente, Matheus Morgan Villares, renunciaram aos seus respectivos cargos.

No lugar de Villares, Anna Andrea Votta Alves Chaia ficará de forma provisória no conselho de administração até ocorrer uma assembleia geral de acionistas. Para o cargo de suplente, ainda não há uma pessoa indicada e ele ficará vago até que um novo membro seja eleito para a função.

Ademais, o diretor de subfranquias José William Giudici foi demitido e dará espaço ao diretor de operações Rafael Rodrigues e a Gustavo do Valle Fehlberg, diretor de desenvolvimento. Vale destacar que estes também estão no cargo de forma interina.

Interesse do Burger King no Outback

Há pouco mais de uma semana foi noticiado que o Burger King estaria competindo com a Vinci Partners para adquirir as operações do Outback no Brasil. Em dezembro do ano passado, a controladora do Outback, Bloomin’ Brands, contratou o Bank of America Securities para procurar interessados na compra do ativo. Uma das exigências da Bloomin para que aconteça o negócio é de que a compra seja feita em dinheiro, sem troca de ações.

Resultado do 3T19

A BK Brasil, controladora do Burger King e da rede Popeyes, registrou um lucro líquido de R$ 5,4 milhões. Esse valor é equivalente a uma queda de 80% em comparação com o registrado no mesmo período de 2018, R$ 27 milhões.

Veja também: Taesa capta R$ 300 milhões via emissão de debêntures

De acordo com a dona do Burger King, a queda no lucro líquido aconteceu por conta “da pressão na margem bruta, ao ambiente econômico e a maior concorrência”. A receita líquida cresceu 18,4%, para R$ 723,3 milhões, por sua vez, a receita operacional líquida estável em relação ao trimestre anterior.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.