Negócios

BTG Pactual registra lucro líquido de R$ 972 milhões no segundo trimestre

0

O BTG Pactual registrou lucro de R$ 972 milhões no segundo trimestre de 2019. O avanço foi de 56% na comparação com o mesmo período de 2018. Comparado ao primeiro trimestre deste ano, a alta foi de 44%.

No semestre, o lucro registrado pelo BTG Pactual foi de R$ 1,647 bilhão. O avanço foi de 34% na comparação ano a ano. Com o critério ajustado, o lucro no segundo trimestre foi de R$ 1,029 bilhão. Isso significa um crescimento de 50% na comparação ano a ano. Nos primeiros seis meses, a quantia foi de R$ 1,751 bilhão.

A receita do banco no trimestre, compreendido entre abril e junho, somou R$ 2,181 bilhões. Dessa forma, o crescimento foi de 76% em relação ao segundo trimestre do ano passado. O retorno anualizado (ROAE) chegou a 20,6% neste segundo trimestre. No ano passado, no mesmo período, o retorno ficou em 14,5%.

Os ativos totais do BTG Pactual também tiveram alta. Ao final do mês de junho, o valor registrado foi de R$ 174,3 bilhões, crescimento de 10% em relação ao mesmo período de 2018.

Investimentos do BTG Pactual

O BTG salientou a importância da atuação de seu banco de investimento. “O segmento teve um forte desempenho, devido ao aumento da atividade de mercado, e encerramos o segmento trimestre do ano como líderes nos rankings da indústria”, disse o banco.

“Continuamos a realizar importantes investimentos em tecnologia e inovação, e a extrair benefícios significativos desses investimentos. No último trimestre, criamos a Unidade Digital de Varejo do BTG Pactual, integrando a visão estratégica das nossas diversas frentes de atuação digital.”, afirmou o presidente do BTG, Roberto Sallouti.

Veja também: Rumo reverte prejuízo e registra lucro líquido de R$ 185 milhões no 2T19 

Para Sallouti, o resultado trimestral é um importante indicador de que o banco irá crescer ainda mais. “Além disso, os resultados do trimestre mostram que o crescimento e o retorno de nossas franquias tradicionais permanece consistente”

O BTG ainda salientou que irá investir no ambiente digital. Amos Genish, ex-presidente da Telefônica Brasil, é o responsável pela tarefa. “O BTG Pactual digital continua expandindo sua penetração no mercado e sua oferta de produtos, mantendo como foco principal a excelência na prestação de serviço para sua crescente base de clientes”.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.