Mercado

BTG Pactual cai 14,29% na bolsa após buscas da PF na Lava Jato

0

A ação do banco BTG Pactual (BPAC11) chegou a cair 14,29% durante o leilão de abertura do pregão da B3. A queda acontece após a Polícia Federal iniciar buscas, na manhã desta sexta-feira (23), nas sedes do banco BTG, no Rio de Janeiro e em São Paulo. As buscas fazem parte do desdobramento de mais uma fase da Operação Lava Jato. No momento da publicação desta reportagem, a ação estava cotada a R$ 60,52, queda de 11% em comparação às 11h30 de ontem.

Um dos principais alvos da PF na 64ª fase da Operação Lava Jato é o fundador do BTG Pactual, André Esteves.

A investigação apura fatos de diferentes inquéritos e foi estimulada pelo acordo de delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci, de acordo com a PF.

Veja também: Privatizações serão modeladas pelo BNDES 

Um dos objetivos da operação, é identificar a existência de corrupção envolvendo o BTG Pactual em um projeto na exploração do pré-sal na África, que pode ter causado prejuízo no valor de US$ 1,5 bilhões aos cofres públicos, aproximadamente R$ 6 bilhões.

A nova fase da Lava Jato foi nomeada de “Pentiti”, termo italiano que significa “arrependidos”. A palavra é utilizada, em seu país de origem, para fazer referência a integrantes do crime organizado que, após serem presos, se arrependeram e decidiram colaborar com as autoridades nas investigações.

De acordo com o comunicado da Polícia Federal, “a investigação é complexa e trata de fatos abordados em diferentes inquéritos policiais, tendo sido impulsionada por acordo de colaboração premiada celebrado entre a Polícia Federal e o ex-ministro de Estado investigado”.

Prisão de Esteves em 2015 e queda de ações do BTG Pactual

Em 2015, após a prisão de Esteves, em uma outra fase da Operação Lava Jato, os papéis do BTG Pactual chegaram a registrar queda de 33,14% no Ibovespa. Na época, havia sido a maior baixa sofrida nas ações da empresa desde sua entrada no mercado, em 2012.

Atualização: A ação do banco BTG Pactual (BPAC11) fechou a cotação a R$ 56,99 com queda de 15,19% na B3. A baixa ocorreu após a Polícia Federal realizar buscas nas sedes do banco em um desdobramento da Operação Lava Jato.

Compartilhe a sua opinião

Juliano Passaro
Juliano Passaro escreve sobre política, economia e negócios para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou no Portal da Band. É formado em jornalismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.