BTG (BPAC11) diminui participação acionária no Banco Inter (BIDI11)

BTG (BPAC11) diminui participação acionária no Banco Inter (BIDI11)
BTG (BPAC11) diminui participação acionária no Banco Inter (BIDI11)

O Banco Inter (BIDI3; BIDI4; BIDI10; BIDI11; BIDI12) enviou um comunicado ao mercado nessa sexta-feira (3) informando que o banco BTG Pactual (BPAC3; BPAC5; BPAC11), diminuiu sua participação acionária no banco mineiro para 3,64%.

De acordo com o comunicado, o BTG agora detêm pouco mais de 8,5 milhões de units do Banco Inter. Ou seja, o maior banco de investimentos da América Latina conta com cerca de 8,5 milhões de ações ordinárias (BIDI3) e, aproximadamente, 17 milhões de ações preferenciais (BIDI4) do banco mineiro.

Entretanto, no comunicado, a instituição financeira disse que “a participação acionária tem por objetivo a mera realização de operações financeiras; não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa do Banco; e por fim o BTG Pactual não tem o objetivo de atingir qualquer participação acionária em particular”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Banco Inter: “negociar o controle não está no horizonte”

O presidente-executivo do Banco Inter, João Menin, afirmou durante uma entrevista à ‘Reuters’, no último dia 23, que a venda do controle da instituição não está em debate, após destacar que as evoluções referentes às operações de comércio eletrônico do banco, podem estar atraindo potenciais investidores interessados. “negociar o controle não está no horizonte”, disse o executivo.

O executivo salientou que “no momento, não tem nenhuma negociação para alienação de participação acionária“. “Especulações sobre eventual interesse no Banco Inter mostram que viramos um player relevante no mercado”.

A afirmação de João Menin veio enquanto circulam boatos no mercado de que o  BTG Pactual poderia adquirir o banco mineiro.

Veja também: Banco Inter (BIDI4) lançará dois FIIs em 2020, diz jornal

Além disso, o executivo comentou sobre o marketplace criado pelo Banco Inter em agosto do ano passado. A plataforma permite que usuários façam compras em lojas de departamentos, drogarias, entre outras. A plataforma que já conta com cerca de 6 milhões de clientes rende comissões para a empresa.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião