BTG Pactual (BPAC11) anuncia empréstimo de R$ 150 milhões a controladora

BTG Pactual (BPAC11) anuncia empréstimo de R$ 150 milhões a controladora
O BTG Pactual (BPAC11) informou que realizou um empréstimo de R$ 150 milhões à sua controladora indireta, BTG Pactual Holding.

O BTG Pactual (BPAC11) informou, na manhã desta terça-feira (22), que realizou um empréstimo de R$ 150 milhões à sua controladora indireta, BTG Pactual Holding. A informação foi revelada por meio de um comunicado sobre transações entre partes relacionadas.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Segundo o comunicado do BTG Pactual enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o empréstimo foi efetuado no dia 11 de setembro, e tem a data de vencimento em 29 de janeiro de 2021. A remuneração foi estabelecida em taxa de juros do Certificado de Depósitos Interbancários (CDI) mais spred de 3% ao ano, através da cédula de crédito bancário (CCB).

“As condições para o empréstimo foram comutativas (arm’s length), tendo em vista que o empréstimo foi negociado entre as partes acima descritas, considerando as condições de mercado para a efetivação do empréstimo, pontuou o banco de investimento.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Em outra operação também mencionada no documento, o BTG emprestou R$ 215 milhões para a Partners Pharma Participações. A instituição divide com a Partners controladores indiretos comuns.

O cessão do crédito também tem a data de vencimento em 29 de janeiro de 2021, com uma taxa de juros de CDI mais spread de 3% ao ano. A operação também foi realizada por meio de cédula de crédito bancário.

BTG Pactual lucra R$ 977 milhões no segundo trimestre

No início do mês passado, o BTG apresentou um lucro líquido de R$ 977 milhões referente ao segundo trimestre deste ano. O resultado equivale a uma leve alta de 0,51% sobre o apresentado no mesmo período do ano passado.

O lucro líquido ajustado, por sua vez, foi de R$ 987 milhões, uma baixa de 4,25%. De acordo com o banco, a receita total da instituição somou R$ 2,48 bilhões durante o período de abril a junho de 2020. Na compação anualizada, o resultado é equivalente a uma alta de 13,8%.

A receita foi puxada pela área de sales & trading, com um faturamento de R$ 1,01 bilhão, que cresceu 15% em comparação ao segundo trimestre de 2019. O BTG Pactual pontuou que o segmento de investment banking também colaborou para o resultado, com uma alta de 19% da receita em comparação ao mesmo período do ano passado.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião