Bolsas de NY fecham em leve alta, com recuperação de ações de tecnologia

Bolsas de NY fecham em leve alta, com recuperação de ações de tecnologia
Bolsas de NY fecham em leve alta, com recuperação de ações de tecnologia

As Bolsas de Nova York encerraram o pregão em leve alta, sendo influenciadas pelas ações de tecnologia, que se recuperaram das perdas recentes. Enquanto isso, na Europa, as ações atingiram a maior baixa em três meses, nesta quinta-feira (24), com as preocupações acerca da segunda onda da pandemia do coronavírus (Covid-19).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Diante disso, as ações de alta tecnologia no índice Nasdaq Composite caíram até 1% após sua abertura em Wall Street, antes de se recuperar e terminar o dia 0,4% mais altas. Ao passo que o S&P 500 também reverteu as perdas iniciais com alta de 0,3% .

Deste modo, veja quais foram os resultados das principais empresas de tecnologia norte-americanas:

  •  Microsoft: 1,4%
  • Apple (NASDAQ: AAPL): 1%
  • Tesla: 1,14%

Em movimento contrário, a Amazon (NASDAQ: AMZN) e Alphabet registraram quedas de 0,42% e 0,60% respectivamente.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

As ações dos EUA receberam um impulso depois que Nancy Pelosi, a porta-voz democrata da Câmara dos Representantes, disse que estava “pronta para negociação” sobre um novo plano de auxílio do coronavírus. Entretanto os líderes do Congresso e a Casa Branca até agora não chegaram a um acordo sobre mais estímulos fiscais para a economia do país.

As vendas de casas nos Estados Unidos atingiram uma taxa anualizada de mais de 1 milhão em agosto, superando as estimativas dos analistas de 870.000, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira. Ao passo que também houve um aumento no número de americanos que entraram com o pedido de auxílio-desemprego pela primeira vez durante a semana passada.

Na Europa, o índice Stoxx 600 caiu 1%, fechando em seu ponto mais baixo em três meses. O FTSE 100, de Londres, caiu 1,3% enquanto o CAC 40, de Paris, registrou uma queda de 0,83%.

 Tesla registra alta após “Battery Day”, impulsionando ações de tecnologia

O CEO da Tesla, Elon Musk, anunciou na última terça-feira (22), durante evento “Battery Day”, que a gigante fabricante de veículos elétricos deve crescer entre 30% a 40% em 2020.

De acordo com Musk, antes do período da pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), as expectativas eram de que a Tesla registrasse um crescimento de 36% neste ano. “O futuro parece bastante promissor do ponto de vista de lucratividade”, declarou o CEO.

Saiba Mais: Tesla: Elon Musk prevê crescimento de 30% a 40% neste ano

O empresário também informou sobre o novo projeto da empresa, de lançar uma versão mais avançada do sistema de direção Autopilot, previsto para o próximo mês.

Diante da volatilidade das ações da empresa, com quedas registradas na última segunda-feira (21), os papéis da Tesla registraram alta de 2,4% nas negociações realizadas durante a terça-feira, impulsionando as ações de tecnologia no pregão.

Rafaela La Regina

Compartilhe sua opinião