Bolsa de Valores tem maior número mensal de IPOs desde 2010 em setembro

Bolsa de Valores tem maior número mensal de IPOs desde 2010 em setembro
A CVM informou que setembro registrou um recorde mensal de IPOs

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) informou nesta quinta-feira (29) que o número mensal de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) realizadas em setembro na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) foi o maior desde 2010.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

O órgão regulador do mercado de capitais destacou, na nova edição do Boletim de Risco, que divulga dados de até 30 de setembro, que identificou um forte aumento nos IPOs em setembro. O chefe da Assessoria de Análise Econômica e Gestão de Riscos (ASA) da CVM, Bruno Luna, informou, em nota, que foram realizadas oito ofertas públicas iniciais de ações no mês, que somam 16 operações dessa natureza neste ano até o período.

“E, ao analisar mais a fundo, houve 12 ofertas de distribuição de ações no mês, totalizando um valor expressivo de captação de R$ 16,6 bilhões”, destacou Luna, no comunicado.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

O volume total movimentado em operações de listagem na B3 em setembro chegou a R$ 13,04 bilhões, contemplando as ofertas primárias e secundárias de ações, o que corresponde a pouco menos da metade dos R$ 29,08 bilhões levantados em 2020.

Entre os maiores destaques do mês, é possível apontar a estreia da companhia Hidrovias do Brasil (HBSA3), que captou R$ 3,4 bilhões em uma oferta totalmente secundária; e a rede de pet shops Petz (PETZ3), que levantou quase R$ 3 bilhões em sua distribuição.

Número de IPOs em 2020 sobe para 19 em outubro

Com as 16 companhias que abrir seu capital na Bolsa até setembro mais as três empresas que realizaram a operações em outubro, a contabilização de IPOs neste ano salta para 19 no total. O movimento, que havia arrefecido nas últimas semanas, com companhias abandonando o barco e desistindo do caminho à B3, vem se intensificando novamente.

Apenas neste mês, mais de 15 empresas pediram registro para listar suas ações no mercado de capitais brasileiro, totalizando até o momento 44 companhias na fila de IPOs. Outras cinco com seus processos suspensos.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião