Mercado

Bolsa de Valores chega a 1 milhão de investidores pessoas físicas

0

Bolsa de Valores de São Paulo (B3) superou a marca histórica de 1 milhão de investidores pessoas físicas em abril. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (9) durante um evento realizado em São Paulo.

No mês passado, a Bolsa de Valores paulistana registrou 1.046.244 de cadastros ativos de investidores pessoas físicas. Em março a B3 contava com 982 mil investidores desse tipo. Desde janeiro a Bolsa ganhou mais de 232 mil novos investidores. Entretanto, o número segue distante dos 5 milhões previstos pelo presidente da Bovespa, Edemir Pinto.

Saiba mais: Número de investidores brasileiros na Bolsa se aproxima de 1 milhão 

Homens são a maioria dos investidores

Uma pesquisa recente da Bolsa de Valores mostra que homens seguem como a maioria entre os investidores brasileiros e representaram 76,34% do total em março (769.042). Em fevereiro os homens eram 717.530 e, no entanto, representavam 78,04% das pessoas físicas que atuavam no mercado.

As mulheres ainda são o menor número e agora diminuíram sua participação no mercado. Em fevereiro elas representavam 21,96% do total de investidores, em março, passaram a ser apenas 21,21%. Dessa forma, saíram das 201.873 pessoas físicas em fevereiro para 213.679 em março.

Juntos, homens e mulheres detém 97,55% de representatividade no formato de investimento, enquanto pessoas jurídicas completam os 2,45% restantes.

O sexo feminino teve sua maior atuação na Bolsa em 2012, quando representou 25,30% dos investidores. Entretanto, após essa marca, a taxa de investidoras passou a cair.

Lucro da B3 em 2018

Em fevereiro deste ano, a B3 anunciou que obteve um lucro líquido de R$ 2,087 bilhões em 2018, uma alta de 70,4% em relação a 2017. O balanço foi divulgado pela empresa em seu primeiro ano completo após a fusão da antiga BM&FBovespa com a Cetip.

O faturamento da B3 avançou 27,3% e atingiu R$ 1,458 bilhão no quarto trimestre de 2018, no comparativo do mesmo período do ano anterior. No acumulado de 12 meses em 2018, a receita total somou R$ 5,351 bilhões, um crescimento de 20,6% em relação a 2017.

Tesouro direto também chega a 1 milhão

Por sua vez, o Tesouro Direto também registrou um milhão de investidores pessoas físicas em abril. No mês passado foram registrados 1.006.547 cadastros ativos nesse tipo de investimentos.

Saiba mais: Estrangeiros retiram R$ 2,613 bi da Bolsa de Valores de São Paulo 

Entretanto, mesmo com essa marca histórica de 1 milhão de investidores, o Ibovespa opera em queda nesta quinta-feira. O principal indicador da bolsa paulista está sendo pressionado pelo movimento negativo de ações com maior liquidez, como dos bancos, Petrobras e Vale. Os investidores estão preocupados com os problemas na aprovação da reforma da previdência e com as potenciais consequências da guerra comercial entre Estados Unidos e China.

Às 12:30, o Ibovespa caía 1,7%, alcançando 94.201 pontos. Desde o começo do ano o principal indicador da Bolsa de Valores de São Paulo acumula uma valorização de mais de 7%.

Compartilhe a sua opinião

Carlo Cauti
Editor-chefe da SUNO Notícias. Formado em Ciências Políticas pela universidade LUISS G. Carli de Roma e mestre cum laude em Relações Internacionais, Jornalismo Internacional e de Guerra e em Economia Internacional. No Brasil, teve passagem por veículos de comunicação como O Estado de S.Paulo, G1, Veja e EXAME. Também trabalhou nas agências de notícias italianas ANSA e NOVA.