Banco Safra tem compra de ativos do Itaucard aprovada pelo Cade

Banco Safra tem compra de ativos do Itaucard aprovada pelo Cade
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra dos ativos do Itaucard pelo Banco Safra.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a compra dos ativos do Itaucard pelo Banco Safra. A informação foi revelada pelo Diário Oficial da União (DOU), publicado nesta segunda-feira (31).

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

De acordo com as informações da autarquia, o negócio refere-se à venda de determinada carteira de cartões de crédito em posse do Itaú Unibanco (ITUB4) ao Banco Safra.

Segundo o Cade, “os ativos consistem em determinada carteira de cartões de crédito de bandeiras Visa e Mastercard emitidos e administrados pelo Itaucard, relativos a clientes pessoa física, não vinculados à conta corrente e não vinculados a programas de benefícios ou recompensas. Segundo as requerentes, esses ativos correspondem a parcela diminuta das atividades do Itaucard”.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

A operação, ainda, diz que os ativos negociados estão atrelados aos cartões de crédito, bem como os dados cadastrais, histórico de pagamentos e de transações. Todas as informações contidas nessas operações, seja de clientes ou decorrentes das carteiras de cartões de crédito, estão inclusas no negócio.

“Como justificativa para a operação, sob a perspectiva do Itaucard, a operação representa oportunidade de manter consonância com a estratégia de maior alinhamento de seu portfólio de cartões de crédito, mais focado em clientes correntistas do conglomerado Itaú Unibanco. Por sua vez, para o Safra, a aperação representa oportunidade de expandir seus negócios de cartão de crédito e aumentar sua carteira de clientes”, diz o documento do Cade.

Joaquim Levy assumirá diretoria Banco Safra

O Banco Safra anunciou, no fim de junho, que Joaquim Levy, o ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), assumirá o cargo de diretor de estratégia econômica e relações com mercados da instituição.

Levy trabalhava na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, desenvolvendo pesquisas sobre tecnologias e economias sustentáveis. Ele será responsável pela área de macroeconomia do banco que possui patrimônio líquido de mais de R$ 12 bilhões. A carteira de crédito soma R$ 110 bilhões e os recursos de terceiros sob gestão totalizam aproximadamente R$ 250 bilhões.

A instituição informou que o doutor em Economia pela Universidade de Chicago “passa a integrar o time de especialistas do Banco Safra e será responsável pela área de macroeconomia e de relações com o mercado”.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião