Banco Pan (BPAN4): fundo soberano de Cingapura eleva participação acionária

Banco Pan (BPAN4): fundo soberano de Cingapura eleva participação acionária
O Banco Pan (BPAN4) informou que o fundo soberano de Cingapura GIC Private Limited elevou sua participação acionária.

O Banco Pan (BPAN4) informou, por meio de um comunicado ao mercado divulgado na última terça-feira (8), que o fundo soberano de Cingapura GIC Private Limited (GIC) elevou sua participação acionária na instituição. O fundo, dessa forma, passou a deter 30.432.182 ações preferenciais do banco.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! cadastro feitocom sucesso.

lead suno background

Isso equivale a uma participação de 5,56% no Banco Pan. Com base no preço de fechamento da última terça-feira, quando as ações do banco encerraram o pregão negociadas a R$ 9,16, o valor de mercado da empresa era de R$ 11,03 bilhões. Assim, a participação do agente cingapuriano equivale a R$ 613,73 milhões.

O Pan informou que tal percentual foi obtido com a liquidação da oferta pública de distribuição secundária com esforços restritos de colocação de ações preferenciais da companhia, realizada no início deste mês. A instituição ressaltou que a participação do GIC não altera a composição do controle ou a estrutura administrativa da empresa.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Caixa diminui participação no Banco Pan

Na última semana, a Caixa Econômica Federal informou que diminuiu a participação no Banco Pan. Com a alienação da totalidade das ações preferenciais que estavam sob posse do banco público, o equivalente a 89.599.665 papéis, a participação acionária da Caixa no banco foi diminuída de 34,3% para 26,8%.

Com a venda das ações, a Caixa levantou R$ 743,7 milhões, uma vez que cada ação foi negociada a R$ 8,30. A estatal ainda possui 323.429.990 ações ordinárias do Pan. Além da própria Caixa, a operação foi coordenada pelo Banco BTG Pactual (líder), Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) e Banco Itaú BBA.

A CAIXAPAR destacou que a alienação “não altera a sua posição de ações ordinárias de emissão da companhia, por consequência não houve qualquer alteração na composição do controle ou na estrutura administrativa da companhia, bem como não houve alteração do acordo de acionistas vigente” do Banco Pan.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião