Internacional

Banco Central do Canadá corta taxa de juros para 0,75%

0

O Banco Central do Canadá cortou nessa sexta-feira (13) sua taxa de juros overnight em 50 pontos-base, para 0,75%. A decisão da instituição monetária central canadense foi de emergência, após os choques econômicos negativos provocados pela atual pandemia do coronavírus.

O Banco Central de Ottawa informou que a medida não foi programada. Entretanto, a decisão foi tomada na tentativa de amenizar os impactos que abalaram a economia canadense como a crise do coronavírus e a queda dos preços do petróleo.

A instituição afirmou em nota “está claro que a disseminação do coronavírus está tendo sérias consequências para as famílias canadenses e para a economia do Canadá. Além disso, os preços mais baixos do petróleo pesarão bastante na economia”.

Saiba mais: Banco Central opta por leilão de linha para conter alta do dólar

“À medida que a situação evolui, o Conselho do Banco do Canadá está pronto para ajustar ainda mais a política monetária, se necessário, para apoiar o crescimento econômico e manter a inflação na meta”, concluiu o comunicado.

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, anunciou um pacote de de estímulos fiscais nos próximos dias. O objetivo é ajudar a economia do país frente os impactos do coronavírus.

O chefe de governo canadense não informou à imprensa o valor total do pacote fiscal. Entretanto, há especulações de que o montante seja em torno de US$ 14 bilhões (cerca de R$ 50 bilhões).

Medidas do Banco Central do Brasil

O Banco Central (BC) anunciou nessa quinta-feira (12) um leilão de linha de até US$ 2 bilhões para essa sexta com o objetivo de de baixar o valor do câmbio da moeda norte-americana.

A venda foi realizada no Mercado de Câmbio, em duas operações entre 10h15 e 10h20 e será liquidada na próxima terça-feira (17). Esse já é o terceiro leilão realizado pelo BC para tentar conter o preço do dólar americano.

Saiba mais: Coronavírus e Mercado Financeiro | Saiba quais oportunidades você pode estar perdendo

Os leilões de linha terão vendas com compromisso de recompra. A recompra dos dólares vendidos na primeira operação ocorrerão no dia 5 de maio, já a recompra da segunda, será no dia 2 julho.

O Banco Central do Canadá informou que falará sobre a atual situação do país na próxima decisão de política monetária, que será no dia 15 de abril.

Telegram Suno

Compartilhe a sua opinião

Laura Moutinho
Estagiaria na Suno Notícias, escreve notícias que afetam o mercado financeiro. Estuda administração na Universidade Presbiteriana Mackenzie.