Banco C6 Consignado é notificado pelo Procon-SP

Banco C6 Consignado é notificado pelo Procon-SP
O C6 Bank recebeu um aporte de R$ 1,3 bilhão de um grupo de 40 investidores privados.

O Procon-SP informou nessa segunda-feira (20) que notificou o Banco C6 Consignado, que é controlado pelo C6 Bank, e pediu explicações referentes ao crescimento no número de reclamações registradas pelos consumidores sobre a companhia.


Segundo o Procon, os clientes do C6 Consignado se queixaram, principalmente, sobre a cobrança de operações de empréstimo consignado que não foram contratados. Além disso, alegaram dificuldades para resolver o problema por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) da instituição.

Nesse sentido, a instituição tem 72 horas para responder aos questionamentos do órgão de defesa do consumidor. O prazo começou a ser contado ontem.

Suno One: o primeiro passo para alcançar a sua independência financeira. Acesse agora, é gratuito!

Dentre os questionamentos feitos pelo Procon, estão:

  • Como e por quais canais estão sendo ofertadas e contratadas as operações de crédito consignado
  • Como o consumidor pode fazer o cancelamento da contratação, quando constatar cobranças incorretas
  • Quais providências a companhia está tomando para resolver os problemas relatados pelos clientes
  • Quais são os canais de atendimento que são disponibilizados aos consumidores para atendimento
  • Se o crescimento das reclamações pode ter sido causado por um problema sistêmico, e quantos episódios parecidos foram identificados nesse ano.
lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

Além disso, o diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez, declarou que “se não houver esclarecimento por parte da empresa, o Procon aplicará uma multa severa e vai coibir esse tipo de prática danosa às pessoas, normalmente hipossuficientes, idosos e pessoas sem capacidade de avaliar o perigo que representa o superendividamento”.
Vale destacar que, durante o mês passado, foram registradas 149 reclamações contra o banco. Esse cenário é diferente do observado em maio desse ano, quando só uma queixa havia sido cadastrada.

Resposta do C6 Bank

Em nota, o banco disse que “a operação do Banco C6 Consignado está entre as maiores do mercado e segue o padrão de qualidade das melhores instituições do país”.

Em setembro, a instituição fechou 100 mil contratos de crédito consignado, e as 149 reclamações registradas no Procon-SP representam um “percentual pequeno do total”.

“Ressaltamos que todos os casos são resolvidos sempre sem prejuízo ao consumidor. Nossa equipe segue disponível para prestar o melhor atendimento aos nossos clientes”, afirmou o C6.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião