Economia

Balança comercial registra superávit de US$ 1,06 bilhão em fevereiro

0

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 1,06 bilhão nas duas primeiras semanas de fevereiro, de acordo com o Ministério da Economia, nesta segunda-feira (11)

De acordo com o governo federal em relação a balança comercial, até o momento em fevereiro, as exportações chegaram a US$ 4,865 bilhões e as importações totalizaram US$ 3,795 bilhões. No entanto, as exportações e importações apontaram queda de 16,2% e 21%, respectivamente, em relação a fevereiro de 2018.

A principais quedas nas exportações foram em:

  • Produtos manufaturados: -27,5%;
  • Produtos semimanufaturados: -12,1%.

Em contrapartida, a exportação de produtos básicos apontaram um crescimento de 0,6%.

No caso das importações, as principais quedas foram:

  • Combustíveis e lubrificantes: -38%;
  • Veículos (Automóveis e partes): -26,6%;
  • Instrumentos médicos de ótica e precisão: -16,3%;
  • Equipamentos mecânicos: -6,2%;
  • Equipamentos eletroeletrônicos: -4,9%.

Saiba mais: Balança comercial não terá mais projeções do governo federal

Saiba mais: Balança comercial registra superávit de US$ 2,19 bilhões em janeiro

Balança comercial até o momento

Conforme o governo federal, no acumulado de 2019 (até 10 de fevereiro), a balança comercial registrou um superávit de US$ 3,262 bilhões.

Dessa forma, mesmo sendo positivo, o saldo é 40,1% inferior ao registrado no mesmo período do ano passado, que somou US$ 5,448 bilhões.

Até o momento, as exportações chegaram a US$ 23,444 bilhões. No entanto, a média diária é de US$ 837 milhões, uma queda de 0,3% em relação ao mesmo período de 2018.

No caso das importações, no acumulado deste ano foram US$ 20,182 bilhões. Assim, a média diária totalizou US$ 720 milhões, crescendo 10,6% em relação ao mesmo período do último ano.

Balança comercial em 2018

De acordo com  o Ministério da Economia, a balança comercial teve um superávit de US$ 58,3 bilhões.

No entanto, o saldo positivo teve como principal influenciador a exportação de produtos básicos. Mesmo assim, recuou 13% em relação a 2017.

Conforme pesquisas elaboradas pelo Banco Central na última semana, para 2019, a previsão é de um saldo positivo de US$ 51 bilhões nas transações comerciais do Brasil com o exterior.

Além disso, o banco prevê um superávit da balança comercial de US$ 38 bilhões para este ano. No entanto, as exportações somariam US$ 250 bilhões e as importações ficariam em US$ 212 bilhões.

De acordo com a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), o superávit da balança comercial deve ficar em apenas US$ 32 bilhões.

Compartilhe a sua opinião

Renan Bandeira
Renan Bandeira escreve sobre política e economia para o portal da Suno Research. Antes da Suno, trabalhou em uma rede de televisão, onde fazia reportagens sobre os mesmos temas. Estuda na Universidade Metodista de São Paulo.