Negócios

Bakkt recebe sinal positivo para lançar seus futuros de Bitcoin

0

A Bakkt, empresa subsidiária da Intercontinental Exchange (ICE) que é proprietária da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE), recebeu, nesta segunda-feira (9), sinal positivo da Comissão de Futuros de Commodities (CFTC) dos EUA para lançar seus futuros de Bitcoin.

A subsidiária da ICE foi também autorizada, pelo Departamento de Serviços Financeiros do Estado de Nova York, a criar sua custodiante qualificada que irá fornecer armazenamento seguro para os futuros clientes de Bitcoin. A custodiante se chamará “Bakkt Trust Company”.

No dia 6 de setembro, a custódia do Bakkt Warehouse foi aberta para permitir que os clientes possam depositar o Bitcoin em suas respectivas contas e se familiarizem com o processo.

A ICE tem a expectativa de que a Bakkt possa capturar uma parcela significativa do volume de negociação do Bitcoin. Isso traria maior clareza nas regulações e segurança em relação às criptomoedas, dando mais capacidade às instituições de participarem. O lançamento está previsto para o dia 23 de setembro.

Investimento Bitcoin é investigada por possível fraude

Se nos EUA, a Bakkt está incentivando o investimento em Bitcoins. No Brasil, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu uma investigação para apurar uma possível fraude da empresa Investimento Bitcoin. A apuração foi realizada pelo “UOL“, por meio da Lei de Acesso à Informação, e divulgada na última terça-feira (3).

A Investimento Bitcoin promete rendimentos de 1% a 2% ao dia para seus clientes. No entanto, para a área técnica da CVM, a empresa possui “indícios de fraude na captação de recursos de terceiros, com características típicas de pirâmide financeira”.

O sistema de pirâmide busca atrair pessoas interessadas em obter “dinheiro fácil”, através de pouco esforço e resultados significativos a curto prazo. Essa atividade tem uma duração limitada, já que o próprio modelo não se sustenta e somente os primeiros investidores conseguem o retorno prometido

O site da empresa não possui nenhuma informação sobre o endereço, os nomes dos donos ou até mesmo um telefone para contato. A dificuldade dos clientes em contatar a empresa é responsável pela maior parte das reclamações da Investimento Bitcoin no site Reclame Aqui.

Compartilhe a sua opinião

Rafael Lara
Rafael Lara cursa jornalismo na Faculdade Cásper Líbero. Escreve sobre política, economia e negócios para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na TV Gazeta na produção do programa Edição Extra.