Negócios

Azul protocola nova proposta na Justiça para compra de operações da Avianca

0

A Azul protocolou na Justiça uma nova proposta para tentar comprar parte das operações da Avianca Brasil. A Azul fez a solicitação na 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de São Paulo. Isso porque o órgão é responsável pela tramitação da recuperação judicial da Avianca.

O pedido apresenta uma oferta superior a feita inicialmente pelas operação da Avianca. Além disso, faz com que a Azul foi à disputa pela aérea que está quase acabando.

O requerimento da Azul pedia autorização para “realização de um processo competitivo visando a alienação judicial de uma nova Unidade Produtiva Isolada (UPI)”. O valor mínimo estipulado para a operação foi de R$ 580 milhões.

A proposta inicial da Azul por parte das operações da Avianca foi feita em março, por US$ 105 milhões. Contudo, a oferta foi retirada no último mês. A aérea acusou as rivais Gol e Latam de protecionismo. De acordo com a Azul, as duas companhias agiram para evitar a concorrência no trecho São Paulo-Rio de Janeiro.

No comunicado ao mercado, a companhia alegou que a nova proposta seria para “certos horários de chegada e partida operados pela Avianca Brasil, incluindo os da Ponte Aérea Rio-SP”. Além disso, a aérea informou que a operação não iria invalidar a alienação judicial de 7 unidades produtivas. Essas operações devem ocorrer no leilão da empresa.

Saiba Mais: Avianca Brasil: justiça nega liminar da Airbus para retomada de aviões

“Na visão da Azul, a alienação judicial da Nova UPI oferece uma alternativa compreensiva, viável e verdadeiramente implementável, inclusive do ponto de vista operacional, regulatório e concorrencial”, disse a empresa.

Leilão suspenso

Entretanto, esse leilão foi suspenso pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Isso porque o pedido para cancelar o leilão foi feito pela credora Swissport. Segundo a “Folha de S. Paulo” a empresa mira a anulação do plano de recuperação judicial aprovado pela assembleia de credores. Além disso, a Swissport questiona a legalidade de leiloar slots.

Segundo o “Estado de S. Paulo”, na época, analistas especularam que a venda de slots pela Avianca poderia ser questionada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), pois a medida é proibida.

Saiba Mais: Avianca cancela 422 voos neste fim de semana

O slot aeroportuário, ou simplesmente slot, é um termo usado na aviação para designar o direito de pousar ou decolar em aeroportos congestionados.

Compartilhe a sua opinião

Beatriz Oliveira
Formada em Jornalismo pela Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação, Beatriz Oliveira escreve para o portal de notícias Suno Research. Antes, passou pelas redações da Revista EXAME e da Rede Bandeirantes.