Negócios

Arezzo assina acordo com Vans para ser distribuidora exclusiva no Brasil

0

A Arezzo (ARZZ3) anunciou, através de seu fato relevante, nesta quarta-feira (2), que será distribuidora exclusiva da Vans no Brasil. O conselho de administração da varejista aprovou na última terça-feira (1) o acordo com a companhia americana de moda.

“A companhia passará a ser distribuidora exclusiva dos Produtos Vans no território brasileiro, pelo prazo inicial de 5 anos a partir de 1° de janeiro de 2020, com possibilidade de extensão por mais 2 anos vinculada ao atingimento de determinadas métricas operacionais e financeiras”, informou a Arezzo.

Desse modo, a varejista ficará responsável por:

  • gestão de fornecedores;
  • logística;
  • distribuição;
  • franchising;
  • e-commerce;
  • e expansão e lojas Vans no Brasil.

Além disso, a Arezzo informou que investirá aproximadamente R$ 50 milhões na aquisição de estoque de produtos e de outras quatro outlets próprios Vans. O fechamento da operação esta sujeito a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O mercado reage positivamente ao anúncio de parceria entre a Arezzo e a Vans. Por volta das 12h, a ARZZ3 registrava variação de +3,32% sendo negociada a R$ 51,33.

Arezzo registra lucro de R$ 42,3 milhões no 2T19

A Arezzo reportou uma alta de 22,5% no seu lucro líquido do trimestre, que começou em abril e terminou em junho. O valor, sem IFRS, foi de R$ 33,1 milhões para R$ 40,5 milhões. Com a norma contábil, o lucro chegou a R$ 42,3 milhões. O avanço foi de 27,9% em relação ao igual período do ano passado.

No primeiro semestre deste ano, o lucro da Arezzo, sem a norma do IFRS, chegou a R$ 63,7 milhões. A alta foi de 5,8% em relação ao igual período de 2018. Considerando o IFRS, o valor atingiu R$ 66,2 milhões.

Confira Também: Diretoria da Arezzo aprova distribuição de R$ 17,7 milhões em dividendos

O Ebtida, sem o efeito do IFRS, chegou a R$ 68,9 milhões neste segundo trimestre. O crescimento foi de 22% em comparação ao ano passado. Em 2018, o valor atingido foi de R$ 56,5 milhões. Levando em conta o IFRS, o valor diminui para R$ 58,8 milhões.

O semestre teve uma alta de 27% em relação a 2018. Dessa forma, o valor foi de R$ 97,3 milhões para R$ 123,5 milhões. Considerando o IFRS, o avanço diminui um pouco e chega a R$ 103,6 milhões. Assim, o aumento é de 6,5%.

As vendas Same Stores Sales (SSS) caíram em 6% no trimestre de abril a junho. Mesmo assim, houve uma alta de 1,3%. Entretanto, na comparação com o mesmo semestre do ano passado, a Arezzo teve um baixa de 4,2%. O Same Store Sales é um importante indicado para empresas do comércio. O SSS mostra o quanto as vendas cresceram em lojas iguais em relação ao período anterior.

Compartilhe a sua opinião

Poliana Santos
Poliana Santos escreve sobre economia e política para o portal Suno Notícias. Antes, colaborou na Rádio Gazeta AM, onde era responsável pela produção do programa Bom Dia Gazeta. É estudante da Faculdade Cásper Líbero.