Apple registra lucro de US$ 12,67 bi; ações afundam mais de 4% no after

Apple registra lucro  de US$ 12,67 bi; ações afundam mais de 4% no after
Os papéis da Apple despencaram mais de 4% no after-market

A Apple (NASDAQ: APPL) reportou nesta quinta-feira (29) lucro de US$ 12,67 bilhões (o equivalente a R$ 72,98 bilhões). O resultado veio ligeiramente acima do consenso de mercado.

No after-market da bolsa automática de Nova York, o papel da Apple afundou mais de 4% com a decisão da empresa de não fazer previsões para 2021, o que inclui as vendas de final de ano.

A receita da empresa da maçã subiu para US$ 64,7 bilhões de julho a setembro, contra US$ 64,04 bilhões na comparação anual. O montante ficou acima das previsões dos analistas, que acreditavam em receita de US$ 63,7 bilhões.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

As vendas do iPhone, principal produto da Apple, recuaram para US$ 22,44 bilhões, de US$ 33,36 bilhões, em um movimento já antecipado pelos investidores após o adiamento do lançamento do iPhone 12.

A receita com iPads e Macs surpreendeu com US$ 6,8 bilhões e US$ 9,0 bilhões, respectivamente, com a demanda por novos produtos para estudo e recreação doméstica em meio à pandemia e ensino a distância. Os demais produtos renderam receita de US$ 7,88 bilhões, contra US$ 6,52 bilhões em 2019.

lead suno imagem ilustrativa

Receba as principais notícias do mercado diariamente.

Receba Grátis conteúdo exclusivo sobre Poupança, Ações, Economia e muito mais!

Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

lead suno background

A área de serviços — uma aposta da Apple para diversificar e dar maior estabilidade ao balanço — avançou para US$ 14,55 bilhões, contra US$ 12,51 bilhões de junho a setembro de 2019.

Apple é marca mais valiosa do mundo

A criadora do iPhone foi considerada a marca mais valiosa do mundo pelo segundo ano consecutivo, de acordo com a pesquisa “Best Global Brands” da Interbrand, divulgado na semana passada.

Conforme o ranking, a Apple superou mais uma vez a Amazon, que se posicionou em segundo lugar, e a Microsoft, em terceira posição. A marca da empresa fundada por Steve Jobs em 1976 teria um valor de mercado de US$ 322,99 bilhões (equivalente a R$ 1,860 bilhões), segundo a Interbrand.

Arthur Guimarães

Compartilhe sua opinião