Confira ações que podem ser compradas pelo valor do show “Amigos”

Confira ações que podem ser compradas pelo valor do show “Amigos”

O grupo de duplas composto pelos cantores Chitãozinho & Xororó, Leonardo que formava um dueto com o saudoso irmão Leandro, e Zezé Di Camargo & Luciano retornaram com a turnê “Amigos 20 Anos – A História Continua”. 

O “Amigos“, as duplas queridinhas da década de 80 e 90, nasceu em 1995 por conta de um especial da Rede Globo. O retorno do especial foi tão grande que o grupo decidiu fazer uma turnê na época. O cantor Leandro faleceu durante esse período, no ano de 1998.

Os sertanejos mais famosos venderam juntos mais de cem milhões de discos no Brasil. A turnê teve tanto sucesso que iniciou em julho deste ano com show em Minas Gerais, Belo Horizonte, e tem shows marcados até 2020.

Músicas como “Sinônimos”, “Pense em Mim”, “É o amor” e “Saudade de minha terra” marcaram gerações e por isso os fãs pagaram um valor expressivo pelos ingressos.

Se você gosta das músicas mas por algum motivo prefere ouvi-las no conforto da sua casa, separamos para você, juntamente com os analistas, ações que podem ser compradas pelo valor de alguns ingressos da turnê.

Confira as ações com os valores da turnê Amigos:

Mesa Bronze

Para quem vai curtir a música “Entre tapas e beijos” na Mesa Bronze o valor da inteira é de R$ 550. O especialista em renda variável, João Arthur, salientou que na compra em um lote padrão, ou seja, de 100 ações, a melhor escolha seria a TIME FOR FUN (SHOW3).

Veja Também: 4 ações que você pode comprar com ingresso do show Sandy e Júnior

A TIME FOR FUN (T4F) é líder no mercado de entretenimento ao vivo na América do Sul e a primeira empresa atuar no segmento de forma diversificada e verticalizada. Ela Promoveu cerca de quatro mil eventos nas principais capitais e cidades de países como:

  • Brasil
  • Argentina
  • Chile
  • Peru.

“A SHOW3 é uma empresa que trabalha com eventos relevantes como o Cirque du Soleil. No entanto, ela tem dificuldades em apresentar bons resultados porque o poder de ‘barganha’ está na mão do artista”, informou João Arthur.

Na divulgação do seu balanço do terceiro trimestre deste ano a T4F registrou prejuízo líquido de R$ 13,2 milhões ante os R$ 14,8 milhões positivos registrados o mesmo período no ano passado.

A receita líquida somou R$ 54,6 milhões, uma queda de 50% em comparação com os três meses de 2018, que estava em R$ 108,6 milhões.

Mesa Prata

Para quem vai cantar “No dia em que eu saí de casa” na Mesa Prata o valor da inteira é de R$ 650. O especialista informou que na compra de um lote padrão o indicado seria a Metalúrgica Gerdau (GOAU3).

A Metalúrgica Gerdau detém participação na Gerdau, é uma das maiores empresas no mundo na produção e exploração comercial de produtos de ferro, aço e metais.

“A Metalúrgica Gerdau é controladora da Gerdau, por trabalhar com materiais básicos como o aço é muito exposta a exportação e venda para construção civil”, salientou o especialista.

A empresa de metalurgia apresentou redução de 62,7% no lucro líquido no  terceiro trimestre deste ano em comparação com o mesmo período no ano passado. Desse modo, a companhia passou de R$ 772 milhões para R$ 288 milhões.

O Ebtida ajustado (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) teve queda de 27,3% ficando em R$ 1,4 bilhão.

Mesa Ouro

Para quem vai curtir a música “Menina Veneno” na Mesa Ouro o valor da inteira é de R$ 800. Para João Arthur um lote da Via Varejo (VVAR3) seria uma boa alternativa.

A Via Varejo é uma empresa de comércio varejista fundada em 2010, responsável pelas redes de lojas das bandeiras como Casas Bahia, Pontofrio e administradora do site de e-commerce Extra.com.br.

“A Via Varejo concorre com o Magazine Luiza e é dona de marcas fortes. Ela teve muitas dificuldades operacionais e hoje ela tenta replicar o que o Magalu fez com a transformação digital”, ressaltou  João Arthur.

Confira Também: EXCLUSIVO: Via Varejo investiga possível fraude em balanços da companhia

A Via Varejo (VVAR3) reportou o prejuízo de R$ 383 milhões. No mesmo período do ano passado, o prejuízo havia sido de R$ 83 milhões, mais de quatro vezes menor.

Além disso, a Receita Líquida da Via Varejo caiu 10,7%, chegando a R$ 5,68 bilhões, frente a R$ 6,36 bilhões apresentados na comparação anualizada. No acumulado do ano, a receita atingiu R$ 18,04 bilhões.

Mesa Diamante

Para quem vai curtir a música “Desculpe, mas eu vou chorar” no show do “Amigos” na Mesa Diamante o valor da inteira é de R$ 1.000. Para o especialista um lote da Schulz Máquinas e Compressores (SHUL4) seria uma boa alternativa.

A Schulz é a maior fabricante de autopeças e compressores de ar da América Latina. A marca possui uma grande variedade de modelos que compreende compressores de diafragma.

“A Schulz é uma empresa que tem um histórico de lucratividade muito boa, ela tem sucesso operacional e o pagamento dos seus dividendos são bem interessante”, salientou o especialista.

A empresa ainda não divulgou seus resultados do terceiro trimestre.

A companhia anunciou lucro líquido de R$ 26,6 milhões no segundo trimestre, uma variação de 43,9% em relação ao 1° trimestre de 2019 e crescimento de 70,4% em relação ao 2° trimestre de 2018. A receita líquida totalizou R$ 218,3 milhões neste trimestre, uma variação de 17,2% em relação ao trimestre ligeiramente anterior e decréscimo de 5,7% em relação ao 2T18.

Os valores dos ingressos tem como base o show de Porto Alegre na Arena do Grêmio que acontecerá no dia 23 de novembro. Além disso, os valores não estão contabilizados com a tarifa administrativa da compra pela internet. A matéria priorizou apenas valores de três ingressos. 

Investir mas com cuidado

Como diz a música há ‘Evidências’ de boas ações que podem ser investidas, no entanto, essa matéria não se configura em nenhuma forma como indicação de compra ou venda de ações. Para ter acesso aos relatórios completos da SUNO acesse o nosso site: www.sunoresearch.com.br

Além disso, antes mesmo de investir em qualquer ação com o valor semelhante ao ingresso da turnê “Amigos” é importante ressaltar que quitar as dívidas deve sempre ser a prioridade. Os analistas da SUNO Research sempre salientam que é necessário antes poupar dinheiro para depois investir, e nunca se endividar para investir ou investir endividado.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião