Destaque

Ambev (ABEV3) registra queda de 51% no lucro do 2T20

Ambev (ABEV3) registra queda de 51% no lucro do 2T20
Ambev (divulgação)

A Ambev (ABEV3), subsidiária brasileira da Anheuser Busch InBev, registrou lucro líquido R$ 1,2 bilhão no segundo trimestre de 2020. Em comparação com o mesmo período no ano anterior, esse valor é correspondente a queda de 51,4%.

A receita líquida total diminuiu 10,4% no segundo trimestre deste ano, para R$ 11,6 bilhões. A receita da Ambev registrou queda no Brasil (-6,7%), na América Central e Caribe (-33,9%), na América Latina (-8,7%) e no Canadá (-3,9%). A AB InBev detém 61,9% de participação da subsidiária que está presente em 16 países nas Américas.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) alcançou R$ 3,3 bilhões, o que corresponde a uma redução orgânica de 33,6%, com margem bruta de 50% e a margem Ebitda de 28,8%. Nos primeiro seis meses do ano, o Ebitda foi de R$ 7,5 bilhões, com margem bruta e margem Ebitda atingindo 52,7% e 31,3%, respectivamente.

Garanta acesso ao Suno One, a central de informações para quem quer aprender a investir. Acesse gratuitamente clicando aqui

O fluxo de caixa das atividades operacionais foi de R$ 1,8 bilhão e os investimentos em Capex alcançaram R$ 807,1 milhões. No primeiro semestre, o fluxo de caixa totalizou R$ 3,3 bilhões e os investimentos em Capex aumentaram em 49,4%, para R$ 2,1 bilhões.


“À medida em que a pandemia avançou, as significativas mudanças no comportamento do consumidor e na dinâmica dos canais iniciadas em meados de março, quando os governos impuseram restrições que variaram em termos de escopo e intensidade em resposta à COVID-19, afetaram todo o trimestre com impacto significativo na nossa rentabilidade”, comunicou a Ambev.

Ambev registra queda de 55% no lucro líquido do 1T20

A Ambev registrou lucro líquido de R$ 1,211 bilhão no primeiro trimestre de 2020. Esse valor é equivalente a uma queda de 55,9% em comparação com o mesmo período no ano passado, quando havia registrado R$ 2,7 bilhões.

Por sua vez, o lucro líquido ajustado da Ambev foi de R$ 1,227 bilhão, queda de 55,6% na comparação de base anual. O Ebitda ajustado totalizou R$ 4,2 bilhões, recuo de 17,3%.

A receita líquida teve uma leve redução de 1,6%, totalizando R$ 12,6 bilhões. O volume de vendas consolidado teve queda de 5,6%. No Brasil, o faturamento caiu 9,6% no primeiro trimestre, para R$ 6,5 bilhões. O volume total de vendas foi 9,1% menor.

Veja Também: Ambev amplia canais de e-commerce para lidar com crise do coronavírus

Apesar de nossa forte execução durante o carnaval, o Brasil começou o ano com fraco volume de cerveja devido à baixa confiança do consumidor e às condições climáticas desfavoráveis”, informou o comunicado.

A Ambev apresentou aumento no volume de vendas na América do Sul e no Canadá, de 6,4% e 3,1%, respectivamente.

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião