Negócios

Amazon supera Apple e Google e se torna a marca mais valiosa do mundo

0

A Amazon se tornou a marca mais valiosa do mundo. A gigante dos varejos superou o Google e a Apple graças a um ganho de 52% no valor de sua marca nos últimos 12 meses.

Saiba mais: Amazon deve investir bilhões em projeto de internet banda larga, diz CEO 

A pesquisa sobre o valor das marcas denominada “BrandZ” foi realizada pela empresa Kantar, parte do grupo britânico WPP. Segundo o levantamento, a marca da empresa de Jeff Bezos atingiu um valor de US$ 315,5 bilhões. Dessa forma, Amazon deixou para trás a Apple, que manteve a segunda posição com um valor de US$ 309,53 bilhões, graças a um crescimento de 3%. Por sua vez, o Google passou da liderança para a terceira posição, pois o valor de sua marca foi de US$ 309 bilhões.

“As aquisições inteligentes que levaram a novos fluxos de receita, excelente prestação de serviços ao cliente e capacidade de se manter à frente de seus concorrentes, oferecendo um ecossistema diversificado de produtos e serviços, permitiram que a Amazon acelerasse continuamente o crescimento do valor da sua marca”, informou a Kantar em um comunicado.

Marcas mais valiosas

Na pesquisa BrandZ sobre as 10 marcas mais valiosas do mundo, a Microsoft manteve a 4ª posição, graças a uma valorização de 25%, alcançando um valor de US$ 251,24 bilhões.

Saiba mais: Amazon lança cartão para quem tem crédito ruim ou não tem histórico 

Seguiu a Visa, que cresceu de duas colocações alcançando a 5ª posição com um valor de mercado de US$ 177,92 bilhões. Por sua vez, o Facebook permaneceu na sexta posição, seguido pelo Alibaba, primeira marca chinesa a entrar no ranking. O gigante do varejo asiático chegou na 7º posição graças a um crescimento de mais de 16%, subindo duas posições e alcançando um valor de mercado de US$ 131,2 bilhões.

Por sua vez, a Tencent caiu três posições, chegando na oitava posição. Um decréscimo de 27% que levou a marca a ter um valor de “apenas”, US$ 130,9 bilhões.

Completam a lista o McDonald’s, com um valor de mercado de de US$ 130,69 bilhões, e a AT&T, com um valor de US$ 108,38 bilhões.

Ranking aumentou de valor

O ranking das marcas mais valiosas aumentou seu valor para US$ 4,7 trilhões. Um crescimento de US$ 320 bilhões obtido apesar da incerteza econômica gerada pela guerra comercial entre EUA e China

Esse montante de é equivalente ao Produto Interno Bruto (PIB) combinado da Espanha, Coreia e Rússia. Grande parte desse valor é derivado de marcas de tecnologia, como a Amazon, que somam mais de US$ 1 trilhão em valor no ranking.

Compartilhe a sua opinião

Carlo Cauti
Editor-chefe da SUNO Notícias. Formado em Ciências Políticas pela universidade LUISS G. Carli de Roma e mestre cum laude em Relações Internacionais, Jornalismo Internacional e de Guerra e em Economia Internacional. No Brasil, teve passagem por veículos de comunicação como O Estado de S.Paulo, G1, Veja e EXAME. Também trabalhou nas agências de notícias italianas ANSA e NOVA.