Negócios

Amazon lança assistente de voz e novidades da linha Echo

0

Nesta quinta-feira (3), a Amazon lançou a sua assistente de voz no Brasil, chamada Alexa. Além disso, foram divulgados dois automatizadores de residência da linha Echo.

Os aparelhos da Amazon estão no período de pré-venda. As entregas começarão a serem realizadas no dia 8 de outubro.

A multinacional varejista é a primeira a trazer ao Brasil um hardware próprio relacionado a residências. Google e Apple já possuem funcionalidades similares, no entanto, não estão disponíveis no País.

Amazon inaugura a Alexa

A Alexa é o nome dado à assistente de voz, que utilizada a inteligência artificial da Amazon, e permite que o Echo responde perguntas e se conecte a outros itens inteligentes de parceiros da empresa norte-americana.

Segundo Ricardo Garrido, gerente geral de Alexa no País, trazer os aparelhos é essencial porque a assistente possui um “melhor funcionamento” integrado com esses devices. O Brasil será o 15º país a receber a funcionalidade.

Veja também: Oi não venderá operação móvel no curto prazo, diz diretor de operações

A partir desta quinta, será possível encomendar os dois dispositivos diretamente pelo site da Amazon.

Confira as versões e os preços

Echo Dot

Menor e mais compacto, o Dot sai por R$ 249 durante a pré-venda de 8 de outubro (preço base será R$ 349)

Echo Show 5

Modelo um pouco maior, com uma tela de 5,5 polegadas, além de uma câmera de alta definição, é possível conectar com pessoas que tenham o mesmo item. O Show 5 custará R$ 449 durante a pré-venda até o dia 8 de outubro (preço base será R$ 599).

Além dos dois modelos, será lançado o Amazon Echo em novembro. O item será maior e com uma caixa de som mais potente, saindo por por R$ 699.

Veja também: Arezzo assina acordo com Vans para ser distribuidora exclusiva no Brasil

Quem adquirir um dos modelos poderá ter o serviço de música Amazon Music Unlimited, por R$ 6,90. Até agora, a Amazon não esclareceu se os produtos da linha Echo terão algum tipo de parceria com o Amazon Prime.

Versão brasileira

Para atuar no Brasil, a Alexa foi adaptada pela Amazon para reconhecer diversos sotaques e entender costumes culturais: a inteligência artificial será capaz de entender piadas e memes, cantar hinos de quase 30 times diferentes, dizer qual é seu livro predileto e quais cantores prefere.

Aqui no País, a assistente terá um perfil mais “descolado” em comparação com outros lugares onde já atua. Na França e no Japão, por exemplo, os usuários preferem que ela fale de uma maneira mais formal.

Saiba mais: Softbank anuncia seu projeto de investimento em startups na América Latina

“Ela informa como se fosse um amigo falando, foi uma das decisões que tomamos no início do desenvolvimento por aqui”, afirmou Garrido.

A implementação da Alexa e da linha Echo é outro passo de expansão da Amazon no Brasil. A companhia estadunidense começou comercializando apenas livros no e-commerce, expandiu para vender também o leitor digital Kindle e depois incorporou o market place. No final de agosto, a empresa anunciou que o portfólio de produtos vendidos no Brasil é de aproximadamente 200 mil itens.

Compartilhe a sua opinião

Jader Lazarini
Jader Lazarini escreve sobre mercado financeiro, política e economia para o portal de notícias da Suno Research. Anteriormente, trabalhou na Unidas. Estuda Relações Internacionais na Universidade Anhembi Morumbi.