Confira a agenda de resultados trimestrais desta semana

Confira a agenda de resultados trimestrais desta semana
O Ibovespa abriu em queda nesta quinta-feira (15), acompanhando o pessimismo nos mercados internacionais.

Iniciado em meados de abril, o período de divulgação dos resultados do primeiro trimestre das companhias listadas na Bolsa de Valores de São Paulo (B3) seguirá na atenção dos investidores até o final deste mês.

Os investidores das maiores empresas do País mostram-se atentos aos efeitos da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) nos resultados dos primeiros três meses do ano.

Na última semana, foram divulgados resultados importantes, como do Magazine Luiza, da Eletrobras e da Cosan Logística. Nesta semana, já em menor ritmo, serão divulgados apenas três balanços de empresas que compõem a B3. São elas:

No Suno One você aprende a fazer seu dinheiro trabalhar para você. Cadastre-se gratuitamente agora!

EmpresaTickerData
EmbraerEMBR301/06
AluparALUP3/ALUP4/ALUP1101/06
RandonRAPT3/RAPT404/06

Na última segunda-feira (25), o Magazine Luiza (MGLU3) apresentou uma queda de 76,7% no lucro líquido no no primeiro trimestre de 2020. Nos primeiros três meses desse ano o lucro foi de R$ 30,8 milhões, contra os R$ 132,1 milhões do mesmo período de 2019. A margem líquida foi de 0,6% no primeiro trimestre, contra 3,1% no mesmo período do ano passado.

A receita bruta cresceu 22,1%, passando de R$ 5,3 bilhões entre janeiro e março de 2019 para R$ 6,4 bilhões no mesmo período do ano passado. A receita líquida, por sua vez, aumentou 20,9%, em R$ 5,2 bilhões contra R$ 4,3 bilhões do mesmo período do ano passado.

A Eletrobras (ELET6), por sua vez, apresentou, na noite da última quinta-feira (28), um lucro líquido de R$ 307 milhões referente ao primeiro trimestre deste ano. O resultado equivale a uma queda de 77% sobre o mesmo período do ano passado, quando a empresa reportou um lucro de R$ 1,34 bilhão.

Segundo a companhia, tal resultado foi impactado, sobretudo, por dois efeitos econômicos: a variação cambial negativa de R$ 665 milhões em meio à pandemia, e a remensuração do valor justo da receita de RBSE (Rede Básica Sistema Existente), com corte de R$ 411 milhões nessa linha. Tais efeitos, no entanto, não tem impacto financeiro.

Já a Cosan Logística (RLOG3), apresentou um prejuízo líquido ajustado de R$ 136 milhões no primeiro trimestre deste ano. Tal resultado financeiro perfaz em uma margem líquida de -19,2%. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da empresa foi de R$ 653 milhões, uma queda de 19% sobre o registrado no primeiro trimestre do ano passado.

Com um menor movimento nesta semana em relação às últimas semanas, todas as companhias de capital aberto do Brasil deverão divulgar seus resultados trimestrais dos primeiros três meses deste ano até o último dia de junho.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião