Agenda do Dia: Log-In; Sinqia; Trisul; Tegma; Engie

Agenda do Dia: Log-In; Sinqia; Trisul; Tegma; Engie
Log-in (LOGN3) anuncia pagamento de R$ 21,4 milhões em dividendos

Os assuntos da Agenda do Dia desta quarta-feira (13) prometem mexer com o mercado interno e o externo.

A Log-In apresentou prejuízo de R$ 114,6 milhões no trimestre encerrado em março. A Sinqia reverteu o prejuízo de R$ 2,3 milhões no primeiro trimestre de 2019.

Além disso, a Agenda do Dia conta também com a notícia sobre a Tegma, que apresentou uma queda de 27,6% no seu lucro líquido do 1T20.

Veja também: Garanta acesso ao Suno One, a central de informações para quem quer aprender a investir. Acesse gratuitamente clicando aqui.

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

Log-In

A Log-In (LOGN3) apresentou prejuízo de R$ 114,6 milhões no primeiro trimestre de 2020. Vale destacar que a empresa teve lucro de R$ 5,2 milhões no mesmo período do ano passado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi de R$ 53,2 milhões, uma queda de 16,6% na comparação anual. A receita líquida da empresa aumentou 13,7% e chegou a R$ 271,3 milhões.

A dívida da Log-In diminuiu 37,2% e fechou o primeiro trimestre em R$ 753,1 milhões.

Sinqia

A Sinqia (SQIA3) reverteu o prejuízo de R$ 2,3 milhões apresentado no primeiro trimestre de 2019. A empresa teve um lucro líquido de R$ 443 mil no período de janeiro a março deste ano.

Saiba mais: Sinqia (SQIA3) lucra R$ 443 mil no 1T20 e reverte prejuízo

O lucro bruto da empresa foi de R$ 15,8 milhões, um crescimento de 29,2% em relação ao mesmo período no ano passado. As despesas gerais e administrativas da Sinqia foram de R$ 12,5 milhões, alta de 3%.

Trisul

A Trisul (TRIS3) apresentou, na última terça-feira (12), um lucro líquido de R$ 31,1 milhões no primeiro trimestre deste ano. O resultado equivale a uma alta de 17% em relação ao mesmo período do ano passado, quando a companhia registrou o lucro de R$ 26,56 milhões.

Além disso, de acordo com a Trisul, a margem líquida registrada foi de 18,1%, alta de 3,5% ante o mesmo período de 2019.

O lucro bruto ajustado foi de R$ 66,5 milhões, avanço de 9% na comparação anualizada. Dessa forma, a margem bruta ajustada atingiu 38,8%, subindo 5% em relação aos três primeiros meses do ano passado.

Tegma

A Tegma (TGMA3) apresentou lucro líquido de R$ 19,3 milhões no primeiro trimestre deste ano. O valor representa uma queda de 27,6% ante o mesmo período de 2019.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) foi de R$ 40,9 milhões, queda de 27%.

A receita líquida da companhia caiu 5,7%, saindo de R$ 296,7 milhões para R$ 279,7 milhões.

Ouro Fino

A Ouro Fino (OFSA3) teve prejuízo de R$ 3,1 milhões no primeiro trimestre deste ano. O valor representa uma queda de 52% em relação ao mesmo intervalo do ano passado.

A receita líquida da Ouro Fino teve alta de 23%, para R$ 111,9 milhões. O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado foi de R$ 5,2 milhões.

Engie

O presidente da Engie (EGIE3), Eduado Sattamini, disse ao jornal “Valor Econômico” que estima um investimento de R$ 3 bilhões em projetos de transmissão entre o Pará e o Tocantins. De acordo com o executivo, o projeto está no início, começando a ser implantado, com preparação e instalação dos canteiros de obras.

Vendas no varejo

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) fez com que as vendas no varejo brasileiro tivessem uma queda de 2,5% em março deste ano, em relação ao mês de fevereiro, com ajuste sazonal. Essa é a primeira queda, após 11 meses consecutivos de variações positivas. A informação foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira (13), por meio da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC).

Agenda de resultados

A Agenda do Dia da Suno mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião