Agenda do Dia: RNI; Petrobras; CVC; Cogna; Cielo; Ambipar

Agenda do Dia: RNI; Petrobras; CVC; Cogna; Cielo; Ambipar
O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense aprovou o ACT com a Petrobras (PETR4)

Os assuntos da Agenda do Dia desta sexta-feira (10) prometem mexer com o mercado interno e o externo.

A agenda do dia começa com a notícia sobre a Petrobras, que comunicou sobre a venda de campos em águas rasas. Há também novas informações sobre a RNI, que divulgou uma prévia de seus resultados para o segundo trimestre deste ano.

Além disso, a CVC comunicou sobre o aumento de capital da companhia.

Suno One: acesse gratuitamente eBooks, Minicursos, Artigos e Video Aulas sobre investimentos com um único cadastro. Clique para saber mais!

Confira os principais pontos da Agenda do Dia:

RNI

Em documento divulgado ao mercado nesta sexta-feira (10) sobre sua prévia operacional do 2T20, a RNI (RDNI3) informou que suas vendas líquidas totalizaram R$167,5 milhões no 2T20, 122% acima do valor apresentado no 1T20 e três vezes o valor vendido no segundo trimestre do ano passado.

A empresa destacou que, neste trimestre, os empreendimentos de São Paulo (SP) (RNI Nova Jaçanã) e Várzea Grande (MT) (Origem VG) apresentaram velocidades de vendas robustas mesmo em um cenário de pandemia.

A companhia informou que o volume de vendas no 1S20 soma R$ 243 milhões e já supera o ano todo de 2019.

Petrobras

A Petrobras (PETR3;PETR4) comunicou que assinou na última quinta-feira (9) com a OP Pescada Óleo e Gás Ltda., subsidiária integral da Ouro Preto Óleo e Gás S.A., um contrato para a venda da totalidade de sua participação nos campos de Pescada, Arabaiana e Dentão, situados em águas rasas da Bacia Potiguar, no estado do Rio Grande do Norte.

O valor da transação é de US$ 1,5 milhão. O montante será pago em duas parcelas. A primeira parcela será de US$ 300 mil na assinatura do contrato e a segunda de US$ 1,2 milhão no fechamento do negócio, sem considerar os ajustes devidos.

O fechamento da transação ainda precisa da aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Cogna

A Cogna Educação (COGN3) informou, na noite da última quinta-feira (9), que a gestora Alaska aumentou sua participação acionária na empresa para 10,05% de todo o capital social da companhia. A informação foi divulgada através de um comunicado ao mercado.

Cogna (COGN3): Alaska aumenta participação acionária na empresa

Cielo

A Cielo (CIEL3) recebeu aval do Banco Central (BC) para se tornar uma emissora de moeda eletrônica. Com isso, a empresa terá mais autonomia de atuação financeira, podendo até emitir cartões pré-pagos. as informações são do Estado de S. Paulo. A publicação foi feita nesta sexta-feira (10). A Cielo poderá também prestar serviço de carteiras digitais, sem depender de outras empresas.

Cielo (CIEL3) ganha aval do BC para ser emissora de moeda eletrônica

CVC

O Conselho de Administração da CVC (CVCB3) aprovou, na última quinta-feira (9), o aumento do capital social da companhia de, no mínimo, R$ 200 milhões e, no máximo, R$ 301 milhões, por meio da emissão de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal para subscrição privada. As informações foram divulgadas via fato relevante.

CVC (CVCB3): Conselho aprova aumento de capital de até R$ 301 mi

Ambipar

A companhia de gestão de resíduos Ambipar (AMBP3) levantou R$ 1,08 bilhão em sua oferta inicial de ações. O valor por ação no IPO foi de R$ 24,75, ficando no topo da faixa indicativa de preço.

A Ambipar informou que utilizará parte do valor levantado para renegociar ou antecipar pagamentos de dívidas com custo de captação elevado. Além disso, a companhia irá investir sem sua expansão.

A Agenda do Dia do Suno Notícias mostra os principais acontecimentos que prometem movimentar o mercado durante o dia.

Juliano Passaro

Compartilhe sua opinião